Mostrando postagens com marcador dicas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador dicas. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 6 de agosto de 2020

5 Dicas para inovar a decoração da cozinha pequena

Cozinha pequena: 5 formas diferentes de inovar a decoração

decoracao-cozinha-pequena

Projeto: Joana Adamy Fernandes

Conheça 5 dicas para transformar completamente o visual de sua cozinha pequena

Cozinha pequena pode ser um grande charme. Apesar da limitação de espaço, quando um ambiente assim é bem projetado, pode apresentar boa praticidade e funcionalidade, além de um visual super alegre e convidativo. 

A cozinha da sua casa, por exemplo, pode ficar exatamente assim. Quer saber como? Simples. Basta investir em algumas pequenas mudanças para inovar a decoração.

5 dicas de decoração de cozinha pequena

#1 Mude a cor dos armários

Antes de tudo, avalie as condições dos armários da sua cozinha. Se o interior dos móveis está bom – ou seja, sem desgastes ou traços de pragas -, você pode primeiro tentar investir em mudar o lado de fora deles. 

Às vezes, só uma simples pintura ou uma nova camada de verniz em peças como estas já seria suficiente para mudar o visual de toda uma cozinha. Caso seja necessário, você pode também trocar as portas e ainda mudar os puxadores.

ideias-decoracao-cozinha
SP Estúdio

#2 Estenda a vida-útil dos azulejos

Outra coisa que fica desatualizada com o tempo nas decorações residenciais são os revestimentos de piso e de parede. Na cozinha, você pode tentar mudar o visual daquelas paredes que estão cobertas de azulejos antigos. 

Pra começar, rejuntes escurecidos com o tempo podem ser pintados com tinta especial própria para rejuntes ou podem ser raspados e trocados por um material novo.

Quantos aos azulejos em si, estes podem ser cobertos também com tinta especial epóxi ou mesmo com adesivo. Você pode fazer um pedido especial a uma gráfica, no desenho que desejar, ou comprar um adesivo pronto em uma loja especializada no ramo. 

No mercado, há vários modelos destes produtos à venda. Alguns imitam ladrilhos, pastilhas ou tijolinhos. Algo assim seria capaz de dar um toque de charme bem legal para a sua cozinha.

#3 Altere o visual dos eletrodomésticos

Adesivos, aliás, é uma ótima solução para muitas situações decorativas. Existem rolos finos e largos, que podem cobrir grandes faixas das paredes sem revestimentos das cozinhas. E alguns tipos de adesivos, em específico, foram desenvolvidos exclusivamente para cobrir outros tipos de materiais, como metal.

Você pode, então, tentar mudar o visual da sua cozinha a partir dos eletrodomésticos. Existem adesivos com motivos muito bonitos pensados para cobrir parcialmente ou totalmente portas de geladeiras e caixas de fogões e micro-ondas. 

Com pouca habilidade e muita dedicação é possível se chegar a lindos resultados. Tais peças podem, inclusive, se tornar pontos focais alegres e bem divertidos dentro do ambiente.

eletrodomestico-adesivado
Cristiane Schiavoni


#4 Dê toques de personalidade

A forma mais simples e barata de renovar o visual de uma cozinha é através dos pequenos acessórios e ornamentos. 

Decoração de cozinha pode receber vasinhos de plantas, livros culinários e pequenas esculturas em formato de animais e cozinheiros. Mas os próprios utensílios domésticos também devem ajudar a enfeitar o cômodo. No caso, existem vários itens nesta linha.

Há ainda diferentes tipos de suportes para cozinha à venda nas lojas. Como decoração, você pode pendurar neles canecas, conchas e escumadeiras coloridas. Potes de condimentos e fruteiras sobre prateleiras, nichos e bancadas, também podem tornar o ambiente mais acolhedor. E é interessante deixar expostos certas panelas e equipamentos de design diferenciado - como chaleira, frigideira, cafeteira e mais.

cozinhas-pequenas-decoradas
Studio Ypse

Ticiana Toniolo

como-decorar-cozinhas
Todo Dia Arquitetura

#5 Invista em móveis e revestimentos novos

Em último caso, você pode querer ir além e realmente investir bastante dinheiro na transformação da sua cozinha. A medida mais drástica que você poderia tomar é fazer uma reforma completa neste ponto da casa. 

Cozinhas pequenas são mais desafiadoras, mas graças aos móveis planejados, suas áreas podem ser melhor otimizadas. Como sugestão, podem-se ver as soluções empregadas nos projetos exemplos deste texto.

Antes de pensar na marcenaria, avalie as condições da arquitetura da sua cozinha. Talvez seja interessante tentar integrar o ambiente à sala de jantar, aumentando virtualmente a sua área e fazendo o cômodo parecer mais claro. Também é bom analisar a questão do encanamento e da elétrica, e mudar os pontos de água e luz. E, por fim, rever os revestimentos das superfícies, assim como das bancadas dos balcões.

cozinhas-pretas-decoracao
Revista Viva Decora

Qual das cinco dicas você gostou mais? Use uma delas ou misture as ideias e transforme agora mesmo sua cozinha pequena!

Essas dicas de como inovar na decoração da cozinha foram criadas pela equipe Viva Decora.


   Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest 

bjus
ana maria

quinta-feira, 23 de julho de 2020

Dicas de plantas para interiores

Faz tempo que não fiz mais um post sobre plantas aqui no blog, diferente do tempo em que eu morava em casa e tinha jardim, um quintal grande, eu vivia postando.
Hoje morando em apartamento sinto falta da convivência diária com um jardim. Mas sempre procuro colocar plantas na decoração, mais do que decorar eu tenho necessidade de estar rodeada do verde. Sempre procuro ter plantas em minha casa como kalanchoes, orquídeas, bromélias,  samambaias e sempre um pé de pimentinha, que acho lindas e dizem trazer proteção.

jardim-vertical-natural

Este é meu pequeno jardim vertical na areá externa do apê, com as flores Kalanchoes e essas outras duas plantas são dois tipos de Aspargos. Como venta muito  aqui próximo ao mar essas plantas se adaptam melhor. Podem ser usadas em interior ou exterior. O detalhe que  se as flores da Kalanchoe quando expostas ao sol ficam com um colorido mais intenso.. As duas plantas de baixo são o aspargo que mais resiste ao vento, ele é mais firme.

pimenta-ornamental

Sempre tenho pimenta ornamental na varanda. Elas duram meses. Gostam de terra mais úmida aqui em casa, pois se a terra  fica seca elas murcham e rapidamente percebo que precisam de água.

Plantas-de-interiores

Gosto do visual tropical da bromélia também. Elas duram vários meses.Depende da qualidade da planta, se estiver mais nova logicamente  durarão mais tempo. Procuro escolher exemplar com flor com aspecto  bonito, de flor nova, sem  amassados, sem partes escuras.
A dica da bromélia que tenho observado é não deixar água dentro das folhas, pois assim elas apodrecem, o caule da flor apodrece. Por isso eu  molho somente a terra. Sei que na natureza elas ficam com reservatório de água nas folhas, mas com minha experiência de muitos exemplares comprados aqui para casa  nestes cinco anos de apartamento é o que recomendo

cactos-suculentas

Cacto e suculenta. Cacto a regra é molhar pouco. Já a suculenta que plantei em xícara que trouxe de lembrança de viagem, detalhe que essa xícara não é furada. Apenas molho de tempo em tempo, com o cuidado de colocar pouca água  pois se a terra encharcar ela apodrecerá.

O cuidado com as plantas é delicado... o que serve para uma casa ou uma região pode não dar certo em outra. Você vai aprendendo com o tempo, só  fazendo experiências é que vai aprendendo sobre a adaptação das plantas.

E as plantas melhoram o astral da nossa casa, ajudam a purificar o ar e nesta época triste de pandemia que estamos enfrentando dão um ar mais aconchegante às nossas casas. Podem estar em todos os ambientes dela,  nos quartos, banheiros e cozinhas também.

Recebi por e-mail as  dicas de Ana Paula Pimentel, arquiteta do Grupo A. Yochii, uma pequena lista com plantas de fácil cultivo  para se ter em casa e divido com você agora!

“Elas são vivas e se transformam, gerando formas inesperadas, diferentemente dos outros objetos usados na decoração de interiores. Além dos benefícios para a saúde física, cultivar plantas em casa é encontrar um tempo de calmaria em meio à rotina, se conectar com o natural, com a simplicidade da vida. Esse contato com a natureza em casa, remete a uma sensação de pausa e distanciamento do cotidiano urbano, criando um refúgio dentro do próprio lar”, ressalta a arquiteta.

- Samambaia
Estão super em alta na decoração de interiores. Não gostam de sol, mas se dão bem em ambientes quentes. Preenchem o espaço com volume e beleza.

- Suculentas
São muito conhecidas por suas folhas gordinhas e podem ser encontradas em diversas cores e formatos. Só devem ser regadas quando o solo estiver seco e costumam ser as mais escolhidas para ambientes internos. Como oferecem uma grande variedade, formam uma composição linda e criativa.

- Babosa
Precisa ser plantada em vasos de tamanho médio a grande, deve ser regada apenas uma vez por semana e precisa de um pouco da luz do sol, por isso os locais próximos a janelas são excelentes.

- Costela de Adão
Apesar das folhas grandes, é uma espécie de planta pequena. Se adapta bem a diferentes ambientes, são fortes e resistentes, mas não apreciam luz solar direta. Se adaptam bem em vasos de terra ou de água.

- Dracena
A dracena possui aspecto de arbusto, mas, quando cultivada em ambientes internos, conservam portes proporcionais. A planta gera algumas flores e não precisa ser regada com muita frequência. Cresce com facilidade e é ótima para vasos de chão em salas de estar. Para quem procura uma planta para dentro de casa com volume e beleza, é a opção perfeita.

- Espada de São Jorge 
 Uma bela espécie para ambientes internos, possui folhas grossas e longas, com tons em verde mesclado. Ajuda a melhorar a qualidade do ar e deixa o ambiente mais fresco. Se adapta muito bem plantadas em vasos.

 Espero ter inspirado você com nossas dicas!
                              Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest 

bjus
ana maria

domingo, 21 de junho de 2020

Decoração parede da cozinha com quadrinhos de lojas populares

Eu penso que em decoração o que vale mesmo é estar rodeada daquilo que gostamos, não importando o seu preço. O problema é que na maioria das vezes gostamos de coisas que não cabem no nosso bolso, não é mesmo?
E aqui no Brasil o preço das peças decorativas ainda é alto. Eu comparo muito com minha irmã que mora no Canadá e visita muitas lojas de decoração e coisas para casa.
Outro dia eu vi uma escultura de parede que aqui no Brasil custa de 900 a 1300 reais em média, e só é vendidas nas lojas de decoração mais alto padrão.  Ela me enviou uma foto de uma escultura semelhante que custava 65 dólares, mas estava em promoção por 49 dólares canadenses,  numa loja estilo departamento. Mesmo se multiplicássemos o valor do dólar (cálculo a 5 reais) em real ficaria em média 250 reais.
Então minhas amigas, sabemos como é difícil equilibrar o bom gosto com a grana para decorar nossa casa!
E quando conseguimos encontrar algo que gostamos por um precinho baratinho, uma pechincha, é mesmo motivo para fazer um post e inspirar outras pessoas!

quadrinhos-baratos-decoracao-parede-cozinha


Aqui na rua principal do meu bairro em São José, grande Florianópolis, andou abrindo em pouco tempo quatro lojas de artigos populares, de casa e decoração e até com peças de vestuário a 10 reais. Como se fosse uma volta das lojas de 1,99.
Entrei numa delas pra conhecer e me apaixonei por uns quadrinhos de MDF e uma plaquinhas de metal muito fofas. Dentre os motivos disponíveis havia cupcakes, café ,vinho, cerveja.  Ideias para cozinhas e áreas de churrasqueiras.

decoracao-quadrinhos-cozinha

A princípio comprei  somente 3 quadrinhos. Este maior em MDF por 21,90 e mais duas plaquinhas de 20 x 30 cm a 10 reais cada. Gostei tanto do meu achado e como sobrou bastante espaço ui até a loja buscar mais quadrinhos ou plaquinhas e trouxe mais 3 plaquinhas de metal por 10 reais cada.

decoração-barata

Te garanto que ao vivo ficou bem mais bonito que nas minhas fotos...

plaquinha-metal-decoracao-cozinha
Adicionar legenda

O quadro maior precisou de um prego pequeno na parede. 
As plaquinhas coloquei com fita dupla adesiva da  3M que  recebi de amostra através do blog. Dois pedacinhos apenas posicionados acima e abaixo em cada placa foi suficiente para colar muito bem

Adoro visitar uma lojinha popular, sempre dá para trazer um achadinho pra casa!
Faça seu garimpo também!!


Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest 

Obrigada pela companhia
Ana Maria

quinta-feira, 11 de junho de 2020

Modelos de cabeceiras para quartos de casal.

Toda cabeceira de casal tem que ser majestosa, tem que refletir o estilo do quarto decorado e destacar a área reservada para a cama. Veja.

ideias de- cabeceiras-quarto-casal
Vanja Maia


Mude a cara da cabeceira de casal

O centro das atenções de todo quarto de casal é a cama. Um detalhe fundamental que ajuda a destacar esta peça é a cabeceira de casal.

Este elemento é escolhido de acordo com a proposta estabelecida para o quarto, ajudando a enfatizar o estilo deste cômodo. Mas, as vezes, podemos enjoar desta peça ou apenas querer deixa-lá com o visual diferente. Então podemos tentar mudar a sua cara.
O que estamos lhe propondo neste texto é pensar como podemos mudar as cabeceiras de casais. Por isto mesmo é que trouxemos tantas dicas e exemplos bacanas pra você. Continue lendo para saber mais.

quarto-decoracao-chic
blog-decoracao
Márcia Acáro

Tipos de cabeceiras

A modernidade trouxe uma visão da arquitetura e design de interiores - incluindo a criação incluindo a criação mobiliária. Não se deixou de admirar as peças bem elaboradas e ornamentadas.

Contudo, a vida no mundo está diferente. Depois das Grandes Guerras, passou-se a ter mais pressa na fabricação e comercialização de itens para casa. E os objetos criados passaram a ajudar mais na rotina das pessoas.

blog-decoracao
Marcelo Rosset Arquitetura

cabeceira-almofadada
Juliana Pippi

Forma ainda é importante, contudo a função ganhou mais relevância. Então, muitos detalhes desnecessários acrescidos às decorações, tiveram de ser, pouco a pouco, subtraídos.
As novas camas, por exemplo, nem mesmo possuem mais estruturas laterais. As cabeceiras também vêm com peças separadas, podendo ser compradas separadamente nas lojas.

Aliás, as cabeceiras em decorações modernas possuem um design muito mais simples. Mesmo assim, seu visual ainda é muito bonito. Elas apresentarem linhas retas e terem poucos detalhes -  como entalhes e costuras marcadas, tipo as cabeceiras botonê e capitonê. A maioria é feita em placas de MDF revestidas com laminado de PVC.  E outra tendência forte são as cabeceiras almofadadas.


ideias-decoracao-cabeceiras-lindas
blog-decoracao
blog-decoracao
Studio DC 55


Cabeceiras para cama box de casal

Muitos fabricantes de camas oferecem, em seus catálogos, opções de cabeceiras prontas para serem adquiridas por encomendas nas lojas. Estas costumam vir divididas em placas retangulares ou quadradas. E elas devem ser fixadas às paredes, formando um desenho em fita um pouco acima da altura do colchão e não passando a largura da cama.

Claro que é sempre possível pedir aos lojistas a possibilidade de projeto de cabeceira feito sob medida - no formato, cor e acabamento desejado.
Então, você poderá ter, por exemplo, uma cabeceira que não seja fixa à parede, mas que tenha um pé, ou que possa ser parafusada à cama. Uma cabeceira que tenha uma largura maior, "abraçando" os criados mudos, como na foto anterior.  Ou ainda uma cabeceira  que vá do chão ao teto.

cabeceiras-atuais-ideias-decoracao
Sérgio Palmeira

decoracao-imagens-cabeceiras
Aquiles Nicolas Kilares

Dependendo da necessidade, a cabeceira da sua cama poderá lhe oferecer outras vantagens. Mais do que o contato de seu corpo com a superfície fria da parede - que poderá danificar ambas as superfícies.  Ela poderá apresentar um compartimento baú oculto. Ou ainda vir com prateleiras em um nível superior, servindo de apoio para porta-retratos e mais.

cabeceiras-atuais-decoracao-arquietura
SQ + Arquitetos Associados

Ideias para mudar o visual da cabeceira do quarto de casal

Agora vamos falar do que nos interessa neste contexto. O que poderíamos fazer para mudar o visual de uma cabeceira moderna  em decoração contemporânea?

Bem, digamos que você tenha uma cama box e que já tenha adquirido para ela alum dos modelos que citamos anteriormente - prontos ou feitos sob medida. A alternativa seria trabalhar com soluções na área ao redor desta peça.
A ideia número um seria acrescentar luz em volta desta cabeceira. Como? Com uma fita de LED ou com um cordão luminoso.

fio-de-luz-cabeceira-decorada
Iná Arquitetura

blog-decoracao
Studio Eloy e Freitas Arquitetura

Mas você pode querer escurecer e não clarear o cenário. Então, a solução seria colocar placas de cor contrastante, mais escura ou mais clara, ao redor da cabeceira.

blog-de-arquitetura
Sandra Moura

Uma coisa que poderá ajudar a destacar qualquer cabeceira de casal, valorizá-la ainda mais ou só mudar o seu visual, é trabalhar com o seu pano de fundo.
Então, na área de parede vazia acima e ao lado deste móvel você poderá acrescentar vários detalhes de decoração. Por exemplo, criar um grafite. Colocar por trás da cabeceira um painel estampado ou liso  com apliques de dizeres , figuras e mais.

decoracao-industrial-quarto
Rua 141 Arquitetura

Se sua cabeceira possuir uma certa profundidade, entre 5 a 10 cm -, você poderá testar utilizá-la como apoio para molduras e quadros com fotos ou gravuras bem coloridas. Ou você pode instalar prateleiras mais acima do móvel para isto.

blog-decoracao
Studio Ideação

Outro estilo bem moderno é a cabeceira invertida, como na  imagem abaixo.

blog-arquiteturaUbá Arquitetura

Por fim, outro jeito de mudar o visual da cabeceira da sua cama seria com todos os acessórios posicionados na frente dela, como muitos travesseiros e almofadas.

blog-de-arquitetura
Eduarda Corrêa

Qual das ideias você gosta mais? Escolha a que mais combina com o casal e trate de fazer essa mudança no seu quarto.

Essas dicas de como transformar a cabeceira de casal foram criadas pela equipe Viva Decora.


Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest 

ana maria

sexta-feira, 5 de junho de 2020

Dicas: organização de sapateiras

Organização sapatos: novos modelos de sapateiras

arquitetura-sapateiras
Revista Viva Decora

Organize seus sapatos com uma linda sapateira
Nos últimos tempos, temos preferido deixar os nossos sapatos já na porta de casa ou na garagem. E só depois de higienizados é que eles voltam para o nosso quarto. 
Mas, de todo modo, os sapatos sempre devem ser bem cuidados e respeitados como bons amigos nossos que são. E seja no cômodo que você preferir deixá-los, que fiquem bem guardados - organizados e protegidos em uma boa sapateira.

organização-sapatos-closet
Sandra Sanches

Design de sapateiras modernas

Existem muitos modelos diferentes de sapateiras modernas - talvez você nem imagine quantos. É possível encomendar um modelo personalizado, feito sob medida e de acordo com o seu gosto e as suas necessidades. 
Contudo, também existem muitas boas peças prontas à venda no mercado. A maioria delas é feita de aglomerado de madeira, mas ainda é possível achar peças em tecido ou com estruturas metálicas.
Há sapateiras com prateleiras retas, de maior profundidade, e sapateiras com prateleiras inclinadas, com menos profundidade. Ainda, sapateiras giratórias; com portas de bater; com portas pivotantes, que inclinam; e com gavetas retráteis. 
Algumas destas apresentam nichos extras para acomodar bolsas. Outras vêm com espelho, gaveta para acessórios, e mais. 

blogs-de-decoracao
Patricia Tavares

blog-de-arquitetura
Oliva Arquitetura

blog-decoracao
Karla Silva

Modelos de sapateiras e onde de instalar

É muito importante destacar os locais onde podemos colocar sapateira dentro das residências. Por uma questão de costume, muitos dos povos asiáticos deixam os seus calçados de sair de casa logo no hall de entrada. Esta ideia parece ainda mais lógica nos dias de hoje. Por isto mesmo é que muitos brasileiros também estão seguindo a mesma prática.
Uma sapateira pequena, com duas ou quatro prateleiras – em ripas de madeira ou aramado de metal – poderia servir bem para acomodar os sapatos no hall da casa. Mas uma sapateira pufe, uma calçadeira sapateira ou uma sapateira banco industrial podem ser alternativas mais bonitas para a decoração deste tipo de ambiente. 
Inclusive, há peças de design nesta linha que fazem conjunto com cabideiros - para echarpes e chapéus.
Você pode ter um móvel sapateiro também na lavanderia. A ideia é levar os sapatos para este recinto para que sejam higienizados e arejados. Para este ponto da casa, pode-se prever um armário sapateira multiuso, simples e aberto. 
Já para o quarto, uma sapateira fechada, com divisória de vários tipos e talvez com a possibilidade de ficar suspensa do piso - uma opção muito melhor.

blog-decoracao
CASAon CASAon

blogs-decoracao
blog-arquitetura
Marcelo Rosset Arquitetura
Por fim, outro local que sempre pode ter uma sapateira é dentro do closet. Há, por exemplo, as sapateiras prontas de canto, que costumam ficar perfeitas entre módulos de guarda-roupas. 
Pequenas sapateiras racks podem ser posicionadas sob janelas, aproveitando este espaço livre do cômodo. As de uma porta, atrás da entrada. E as flexíveis, de tecido, penduradas em cabideiros dentro do armário.

closet-organizacao
Samira Jarouche

Organização dos sapatos na sapateira
Não só o modelo da sapateira que você escolher é importante, mas a organização dos sapatos dentro deste móvel interessa. 
Só isto irá garantir que os seus sapatos fiquem bem preservados pelo máximo de tempo possível. Talvez nem precisássemos dizer, mas faremos mesmo assim, que os sapatos não podem ficar amontoados sobre as prateleiras ou amassados dentro das gavetas.
Sendo assim, é fundamental você estudar bem o design do armário que irá escolher para guardar os seus sapatos. 
Primeiro, suas dimensões – sobretudo as internas – devem ser adequadas. A altura mínima sugerida para os nichos é de 22 cm. Contudo, as sapateiras com suportes metálicos, ao invés de prateleiras de madeira, podem diminuir esta medida para até 14 ou mesmo 12 cm.

sapateiras-dicas-arquitetura
Caroline Manfrin
É mais adequado que os seus sapatos fiquem sempre posicionados lado a lado – não um atrás do outro e muito menos um sobre o outro. 
Sapateiras com pouca profundidade ou com prateleiras inclinadas podem danificar a ponta dos calçados, cuidado. E é preciso estar atento em como ficarão as suas botas guardadas no armário. Para isto, busque um móvel com nichos de tamanhos variados, tendo alguns com altura de 31 a 36 cm.
Deixe os seus sapatos, sapatênis e tênis nas prateleiras mais a altura dos seus olhos e alcance de suas mãos. Botas podem ficar na parte de baixo – coloque um enchimento na parte interna para impedir que se dobrem e se deformem. 
Nos nichos de cima, em sequência, coloque as rasteirinhas e os sapatos de salto. E espalhe sachês com bicarbonato para neutralizar cheiros. 
Pronto, a sua sapateira está organizada!
Essas dicas de como organizar os calçados foram criadas pela equipe Viva Decora.


Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest 

ana maria