Mostrando postagens com marcador dicas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador dicas. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Como fazer um espaço de leitura em casa?


Para todo apaixonado por leitura, poucas coisas podem ser mais prazerosas do que ler um ótimo livro. Tirar um tempo para ler pode ser uma excelente prática e, claro, também uma ótima forma de se desconectar da rotina do dia-a-dia.
Por esse motivo, para todas as pessoas que amam a literatura e que não conseguem sequer pensar a vida sem livros, ter um espaço próprio de leitura é quase uma obrigação. Este ambiente de leitura será, sem dúvida, seu local predileto, o ambiente mais íntimo, cheio de encanto e magia, como os livros.
Para criar esse canto de leitura, vamos precisar primeiro encontrar um espaço calmo. Onde seja possível aproveitar bons momentos em silêncio. Também, precisa ser um local cômodo, aconchegante e harmonioso com a decoração do resto do ambiente.
Aqui estão algumas dicas para a criação de um espaço de leitura na sua casa:
Tenha sempre uma estante

A estante é um móvel que nos permite ter tudo ordenado. Em um espaço de leitura, a estante será o local onde vamos guardar nossos livros que estamos lendo no momento ou de referência, para que fiquem arrumados e com acesso fácil.
Priorize o conforto

O espaço onde será feita a leitura é o parte mais importante deste ambiente (assim como o livro, é claro). E ter uma rede horizontal, além de ampliar o espaço, que às vezes não é utilizado, ainda possibilita um espaço de leitura agradável e personificado. Uma forma moderna e zen, onde todos poderão até desfrutar de uma soneca.
Aproveite a iluminação natural

O local perfeito para um espaço de leitura é sempre ao próximo de uma grande janela, por conta de sua fonte de luz natural que fornece iluminação apropriada para o ambiente. Além disso, a luz quando natural tem um efeito revigorante sobre o nosso corpo. Fazendo com que a leitura seja mais prazerosa e reconfortante.
Não se esqueça da iluminação artificial

Como nem sempre é possível ter luz natural, é fundamental colocar uma iluminação artificial. Para isto, deve ser colocada uma luminária de luz pontual, que possibilite uma ótima qualidade e intensidade de iluminação. Para que se consigamos ler sem esforçar a visão. Podendo ser uma luminária de mesa, uma lâmpada fixa na parede ou até mesmo um suporte, de preferência que possa ser movido, para ser possível direcionar a luz, dificultando a formação de reflexos e sombras.
Entrada Proibida
Se queremos que nosso espaço de leitura se mantenha como um local especial, uma espécie de santuário para onde podemos ir quando precisamos descansar e limpar a mente. Devemos colocar algumas condições e regras que tirem os inconvenientes do ambiente. Proibir o uso do celular, computador e televisão é bastante apropriado nesse ambiente.
Dispositivos eletrônicos geram uma dependência e, mesmo que queiramos relaxar, se tivermos algum deles próximo de nós, certamente ficaremos tentados a usá-lo e a tranquilidade desaparece.

Decoração

A sala de leitura destina-se ao relaxamento e, nesse sentido, as cores que devemos usar para decoração desse ambiente são muito importantes. Devemos evitar cores fortes e brilhantes como vermelho. Escolher tons calmos e graduados como azul, amarelo e verde claro, calmante e relaxantes, ideias para o espaço de leitura.


Você também pode escolher papéis de parede claro com florais, que dão textura e dinamismo à decoração, sem distrair nossa visão do que é realmente importante, os livros. Outra dica é usar velas perfumadas para aquecer a atmosfera e ajudar no relaxamento.


Sala de leitura x escritório

Muitos caem na besteira de associar a sala de leitura a um escritório. A verdade é que as funções dos dois são totalmente diferentes e até opostas. Um escritório é um local de trabalho e, portanto, gera estresse, tensão e uma mente ocupada em problemas e eventos que não são nada relaxantes.


Já a sala de leitura deve estar associada ao oposto. É preciso reinar o entretenimento, relaxamento e liberar a mente com o que gostamos e desestressar.


Essa distinção no nível conceitual também afeta o nível decorativo. Um escritório deve ter uma mesa, áreas de trabalho e prateleiras para armazenar papéis e arquivos.


E, a sala de leitura deve ser destinada ao conforto, de modo que o mais importante são as prateleiras organizadas com livros, uma poltrona confortável, boa iluminação natural e artificial que facilitem a leitura e seus itens decorativos que tornem o ambiente aconchegante.



Usando essas dicas, você irá dar o passo muito importante no início do espaço de leitura na sua casa. Agora é só eleger um ótimo livro e desfrutar.


* Postagem Publicitária

sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Decoração: quarto de menino simples, sem móveis planejados

Acho super bacana contratar um arquiteto, fazer móveis planejados ou sob medida para os quartos de casa ou apartamento, mas a realidade da maioria das pessoas isso é um sonho...
Seja por estar com pouca grana ou também em caso de um imóvel alugado onde você não vai investir no que não é seu, dá para decorar gastando pouco e fazer bonito, deixando seu filho feliz no cantinho especial só dele...

Lembro do primeiro quarto do meu filho . Eu saí de casa, feliz da vida,para comprar uma roupa de cama com desenho do Mickey Mouse, um lindo conjunto azul com desenhos fofos para decorar seu quarto;
Para guardar os brinquedos eu peguei uma caixa de papelão bem reforçada e a forrei com folhas de gibis do Mickey e assim decorei o canto do quarto... Ficou gracioso e prático ao mesmo tempo.
O guarda roupa era o do meu quarto de solteiro em pinus que é um tipo de madeira clara.  Aliás esses era meu antigo jogo de quarto em: cama, criado mudo e guarda roupa. Tinha uma cadeirinha plástica infantil  azul também ao lado da cama.
Depois quando pude mandar fazer os segundo quarto dele, pelos 7 anos,  agora com móveis sob medida, eu estava escolhendo os móveis em um tom azul clarinho. Neste momento meu marido opinou dizendo que o azul seria muito marcante pois os móveis custavam bastante, sem contar que uma cor mais neutra não seria cansativa. Ainda bem que o escutei, pois mais tarde este quarto que era num tom creme, acabou ficando para a nossa filha.

Hoje eu trouxe um quarto super fofo, com móveis avulsos e simples, que é uma inspiração para decorar o quarto do seu menino gastando pouco. O projeto é de Biju Decoração Reuso.

Uma criança não precisa de luxo, precisa de alegria na decoração do seu quarto, não é mesmo?

ideias-decoração-simples-quarto-infantil

Hoje em dia encontramos prateleiras, nichos, caixas plásticas nos home centers, nos supermercados maiores, roupas de cama...  tudo para ajudar na decoração de uma forma econômica.
Veja a graça da roupa de cama com desenhos, a almofada especial...


quarto-menino-bonito-decoração-colorida-e-simples

Adorei os cestos organizadores e as caixas de madeira com os livros infantis ao lado da cama, incentivando a leitura do filho...


ideias-de-decoração-quarto-menino

O quarto cheio de detalhes acolhedores, o tapete traz aconchego e se tiver uma cortina ficará ainda mais acolhedor. A cortina assim como o tapete, aquece visualmente o ambiente.


kids-room-decor

Muito bacana a ideia de pendura a fantasia preferida do filho, dando mais graça á decoração, além de ficar sempre a mão para usar a vontade. Ganchos, um pedaço de madeira e boa vontade pode render um pelo cabideiro.  Use e abuse dos brinquedos na decoração!

blogs-de-decoração

Aqui as prateleiras são simples. Em lojas que vendem materiais de marcenaria ou em grandes home centers tipo a Leroy Merlin cortam a madeira no tamanho que você necessita. Assim você compra  mãos francesas e monta as prateleiras no quarto das crianças de um jeito mais econômico. No caso essas mão francesas são branquinhas, mas há as coloridas também: azuis , vermelhas, verdes, amarelas... uma graça!

quarto-infantil-decoracao-simples-e-bonita

Há muita variedade de tonalidades de madeiras no mercado. Gostei muito deste tom que não é escuro nem muito claro... Acho que não cansa.

blog-decoração-barata-faça-você-mesma

A prateleira inferior bem mais larga se transforma numa bancada onde a criança poderá fazer seus trabalhos escolares, suas artes... Cor  na cadeira dá um toque especial. Você pode até pintar uma cadeira que velhinha e faz a magia  da tinta acontecer. 
Tinta é sempre um item essencial que renova tudo!!

blog-de-decoração

Brinquedos a mostra...

blog-de-decoração

Adesivos para alegrar a parede. Com restos de adesivos é muito fácil fazer as formas e criar praticamente sem custos. e claro, ha também os adesivos prontos que custam pouco também, com formas mais elaboradas.

blog-de-decoração

O armário ou roupeiro avulso completa o quarto...

blog-de-decoração

E um ventilador móbile bem fofo. Não sei se foi comprado assim ou foi decorado. Não tenho a informação.
Lembre-se que se você for pendurar algo no ventilador ele terá que ter o peso leve e igual em cada pá, pois se o peso não estiver igualmente distribuído ele não  funcionará perfeitamente.


Atualização:
Enriqueço nossa postagem copiando os comentários de duas amigas arquitetas que também são blogueiras ( deixei link dos blogs que adoro),  e que nos  fazem refletir sobre decoração:

VAL do Blog L'avion Rose comentou:

"Olá Ana. Sabe que tenho ideia que móveis planejados fazem parte de uma certa cultura Brasileira. É raro se ver isso noutros países. Se eu falar de Portugal, que é onde moro, não se se por haver tantas opções de lojas como a Leroy, o Ikea e outras tão boas e com produtos tão diversificados, é raríssimo aparecer por aqui um quarto de criança em que os móveis foram feitos sob medida. Acho mesmo que nunca vi. No Brasil, não sei se porque os apartamentos estão ficando cada vez mais pequenos, a pessoa tem necessidade de aproveitar o espeço ao milímetro. Talvez seja essa uma das razões. Pessoalmente gosto de ambientes misturados, como os que você mostra neste post, com ideias criativas  e móveis que vieram de outras gerações e trazem histórias". 

DÉBORA do Blog Inspirational Homes comentou:

" Sobre sua primeira colocação, pena que as pessoas resistam em contratar um arquiteto - muitas vezes por culpa dos profissionais, mesmo. Colocam essa aura de "luxo" e "status" que acaba espantando muita gente. Infelizmente, muitos só sabem trabalhar assim, com coisas caras e cobrando muito por um serviço simples. Desacreditam os profissionais sérios que se interessam em criar um lar bonito para qualquer orçamento. As vezes basta um olhar treinado para fazer grandes transformações"

Imagens Viva Decora

Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest 

Ana Maria

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Almofadas: descubra como elas podem completar a decoração

Ao contrário do que muita gente pensa, as almofadas não são apenas itens para se apoiar enquanto assiste a um bom filme no sofá. 


decoração-almofadas-preto-e-branco


almofadas-ideias-decor

Quando acompanham puffs, sofás e poltronas, por exemplo, elas podem se transformar em um elemento muito charmoso de decoração para a sua casa. 
Podendo facilmente ser encontrada em variados tecidos, formas, tamanhos e cores, com uma
almofada decorativa é possível harmonizar um ambiente de diversas formas. 




Quer saber como conseguir isso? Então continue a leitura deste post!


De que maneira as almofadas ajudam a renovar o ambiente?
Almofadas decorativas deixam a casa com mais estilo, criando também um ambiente aconchegante. Uma simples almofada disposta sobre um tapete na sala, ou mesmo utilizada da maneira mais clássica como em cima do sofá, é capaz de modificar totalmente o lugar.


Onde usar?
Como item decorativo, você pode usar uma almofada em quase todos os ambientes da casa, mas os mais comuns são quartos, salas de estar e varandas. Por sua vez, as almofadas também têm ganhado destaque no home office e há quem use, até mesmo, na banqueta da cozinha.


decore-o-quarto-com-almofadas

O carro-chefe no uso da almofada é sua disposição no sofá. Para montar um ambiente mais formal, aposte no uso de 1 ou 2 almofadas. Agora, se a ideia for criar um visual mais descontraído, sua criatividade é o limite!



Como escolher?
Para criar um ambiente harmônico, na hora de escolher sua almofada você deve considerar o formato, a textura, a cor e a estampa. Pense também no estilo e na cor dos móveis que já existem na sua casa e tente, sempre que possível, combiná-los.

dicas-para-usar-almofadas-na-decoração


Quem disse que precisa ter só uma?
A quantidade de almofadas na decoração é uma escolha que você deve tomar considerando o visual que deseja criar para o ambiente. Mas vale lembrar que um número ímpar é sempre uma boa pedida na hora de criar uma composição bem bacana.




Como dispor as almofadas?
Para manter uma harmonia geométrica, disponha as almofadas pelo tamanho: do maior para o menor. Assim, as grandes se tornam apoio para as almofadas pequenas


Mas não leve isso tão à risca também é válido. Por isso, explore os tamanhos com criatividade e crie uma variedade de volumes (ou cores) na composição. Vai ser uma experiência muito legal! No quarto, por exemplo, você pode deixá-las em cima de uma poltrona. Já no hall de entrada da casa, elas podem ajudar a criar um cantinho mais zen.


Como brincar com temas?
Uma tendência que tem ganhado destaque no mundo decorativo é o uso de almofadas temáticas. Nesse caso, a decoração parte de um tema ou de um gosto específico. 




Assim sendo, você pode usar almofadas temáticas de viagem para sempre se lembrar dos passeios realizados. Para o quarto da criançada, por exemplo, almofadas com tema de desenhos animados são ótimas opções. Em uma sala ou um quarto com estilo retrô, as com temática de filmes são sucesso garantido.


Dica extra!
Use temas florais para suas almofadas e varie as estampas de acordo com a estação do ano. Todas as suas visitas vão se encantar!



Viu como as almofadas podem personalizar um ambiente de forma divertida e charmosa? E você, já usa almofadas como peça de destaque na sua decoração? Qual o seu estilo favorito? Conte sua experiência aqui nos comentários.

Imagens Lola Home.


*Postagem Publicitária


domingo, 28 de julho de 2019

13 Dicas para decorar o quarto de jogos das crianças

Poucos cômodos da casa são decorados com mais fantasia do que os das crianças e, talvez por essa razão, seja fácil esquecer o que você precisa fazer para se adaptar ao que elas precisam.


Planeje esse espaço para que ele possa crescer junto com os seus filhos, escolhendo as peças adequadas e deixando um maior espaço para diversão, sem esquecer de oferecer uma maior autonomia para o desenvolvimento delas.

1- Pense nos Móveis 
quarto-jogos-quarto-de-jogos-crianças-decoração
O paraíso das brincadeiras deve ser composto de móveis versáteis que não se tornem obstáculos ou não permitam que as crianças brinquem. Peças dobráveis, cestos e nichos são boas opções para obter espaço sem entulhar o quarto.

2- Proteja as Paredes
quarto-infantil-decorblog-de-decoracao
Quando falamos de um quarto de jogos para as crianças, não devemos pensar somente na estética. É conveniente proteger as paredes contra as marcas e o aparecimento de possíveis dons artísticos das crianças. Um painel de madeira de meia altura ou papel de parede lavável são ótimas opções para dar liberdade às crianças sem detonar a estética do quarto planejado com tanto carinho por você.

3- Crie Novos Espaços
quarto-de-meninoblogs-de-arquitetura

Muitas vezes o quarto de brinquedos também é o quarto onde as crianças dormem e, para manter a organização e dividir os ambientes, um novo espaço com rede horizontal é uma ótima escolha. Desse modo, os pequenos terão ainda mais espaço para as jogos e os seus brinquedos terão o seu devido local, para o alívio das mães.


As redes horizontais são 100% seguras e multifuncionais! Servem como rede de proteção, cama suspensa e até mesmo parede de escalada. Diversão garantida para a criançada e despreocupação total dos pais com relação à segurança.

4- Menos Brinquedos, Mais Qualidade
quarto-infantil-decoração
Os jogos são vitais para o crescimento das crianças. No entanto, é conveniente evitar o consumismo e o acúmulo de brinquedos. Melhor alguns brinquedos bem selecionados, que estejam sempre à mão e bem organizados.

5- Organização e Ordem
rede-horizontal-quarto-infantil
brinquedoteca-quarto







Evite brigas sem necessidade ensinando seus filhos, desde pequenos, a guardarem as suas coisas no local correto, que deve estar sempre ao alcance delas. Elementos com rodas, caixas ou gavetas são especialmente funcionais, pois  permitem que as crianças vejam o seu conteúdo sem grandes esforços.

6- Incentive a criatividade
quarto-de-jogos-criançasquarto-infantil-decoração
Permita que as crianças liberem a imaginação também nas paredes instalando quadros negros ou pintando uma parede com tinta lavável. 

7- Exercício e Brincadeira
brinquedotecaquarto-de-jogos-infantis

Colocar elementos que, além de promover diversão, também incentivam a prática de atividades físicas mesmo dentro do quarto de jogos, faz com elas comecem a gostar dos exercícios e sejam menos sedentárias. Uma excelente opção é criar uma parede de escada de e rede suspensa, assim as crianças poderão passar horas se exercitando sem dar conta. 

8- Atenção à Segurança

Os tapetes podem ser um perigo, se enrugarem ou escorregarem. Para evitar acidentes, sem sacrificar o bem-estar das crianças ou a proteção do chão, você pode escolher colocar um piso de madeira ou um tapete grande que ocupe um grande espaço. Uma outra opção é proteger as bordas do tapete com fita anti-derrapante.

9- Cuidado com a Altura
quarto-de-brincar

Se tudo o que precisar ficar ao seu alcance, será mais tranquilo para as crianças avançarem com segurança no desenvolvimento da autonomia pessoal.

10- Ouça as Crianças
quarto-de-criançablog-de-decoração
É fundamental ouvir as crianças ao planejar a decoração do quarto de jogos. Afinal, é o espaço delas e elas também têm o direito de contribuir nas decisões. Ao participarem do processo de tomada de decisão, as crianças se sentem empoderadas e ao mesmo tempo estimuladas a cuidar do espaço.

11- Ouse na decoração
blog-de-decoraçãoblog-de-decoração

Em uma sala de jogos, a cor sempre terá que estar presente. Como? Algumas maneiras de decorar com cores são pendurar bandeirolas, aplicar adesivos nas paredes ou até mesmo pintar os móveis. As crianças inclusive podem participar ativamente desse processo, confeccionando as bandeirolas, aplicando os adesivos e até mesmo pintando os móveis. Nesse último caso, é importante certificar-se de que a tinta não é tóxica para os pequenos.


12- Mesa central 
blog-de-decoraçãoblogs-de-decoração

Uma boa opção é colocar uma mesa no centro da sala de jogos. A mesa não servirá apenas para as crianças brincarem, pintarem ou jogar algum jogo educativo. Elas também podem fazer a lição de casa em um local separado do local do descanso

13- Escolha bem a iluminação
rede-horizontalrede-horizontal

As lâmpadas infantis são ideais para trazer a mágica. Na hora de decorar a sala de jogos você pode selecionar modelos de diferentes formas que iluminem cada área. As lanternas de papel são certamente uma excelente escolha. Elas são econômicas, quando comparadas com outros modelos. Já guirlandas com luzes trazem personalidade e estão super na moda. Sejam as de bolas coloridas ou até as mais elaboradas com diferentes formatos.

E o mais importante de tudo: divirta-se junto com seu pequeno e guarde ótimas lembranças dos momentos em que passaram juntos no quarto de brincadeiras!


Leve daqui sempre: inspirações e boas energias!!

Ana Maria