quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Gaveta reaproveitada na decoração

Numa viagem da minha irmã pelo Canadá ele se hospedou em uma casa com uma decoração super charmosa!!
Ai ela me envia umas fotos lindas e eu fiquei super encantada com a simplicidade e fofura deste arranjo decorativo ❤❤❤


Uma gavetinha reaproveitada na decoração que achei super inspiradora!!

Quantas vezes vemos gavetas pelas caçambas de lixo nas ruas hein?
Um vasinho que também pode ser um vidrinho reciclado, flores do quintal  ( ou da rua, da sua caminhada) e tudo se ajeita com charme e bom gosto.


A decoração com passarinhos mais quadrinho com flores,  confere o toque romântico...


Esta foto ficou desfocada, mas acho que pegou o melhor ângulo do conjunto...
Ela mostra o quanto  as coisas simples, unidas de maneira caprichada,  ficam  realmente encantadoras!!

Gostou da fofura?
Mais inspirações no insta da minha irmã:  Olivia Get Inspired


Leve daqui sempre: Inspirações e boas energias ❤

Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest  e  G+

Jeito de Casa- Blog de Decoração e Arquitetura!
bjus
ana

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Como escolher o modelo de berço para quarto de bebê

Decorar o quarto de bebê requer atenção dos pais. O berço precisa ser bonito, confortável e seguro. Veja como escolher  um modelo lindo!

normas-de-segurança-berços-bebe
                         
Conheça vários modelos de berço e como escolher o mais seguro (e bonito!) para quarto de bebê

A montagem do quarto de bebê é um dos momentos mais bonitos da paternidade. Só que os pais não podem se empolgar e sair comprando tudo que encontram para crianças nas lojas. Itens como o berço precisam ser não só bonitos como também confortáveis, funcionais e, acima de tudo, seguros.

O mercado oferece muitas opções diferentes. Mas, tem que pesquisar muito para encontrar os melhores modelos.
Confira tudo que você precisa saber antes de escolher o berço certo para o quarto de bebê de seu filho.

arquitetura-quarto-de-bebe
                            Projeto Studio Novak


decoração-classica-quarto-bebe
                            Projeto Letícia Araujo


Quais os modelos de berço mais conhecidos disponíveis no mercado

Existe a venda, em lojas brasileiras, muitos modelos prontos de berços para o quarto de bebê. Os tradicionais todos já conhecem.
Eles têm a vantagem de ter um tamanho mais reduzido em comparação a outros móveis. Mas, nem sempre têm o mesmo charme, beleza e multifuncionalidade que um berço de design diferenciado.

Há mesmo muitos tipos de berços sendo fabricados e ofertados no mercado - peças feitas em madeira maciça, MDF, alumínio e muito mais. Algumas são dobráveis e desmontáveis. Tem cama com dossel, cama em balanço, cama com suporte para mosquiteiro e cama móbile.
E as maravilhas não param por aí. Tem até berço em formato redondo - mas, infelizmente este tem valor muito elevado e só pode ser usado por pouco tempo.

decoração-berço-redondo
    Projeto Leonardo Muller

berço-redondo-quarto-bebe
   Projeto Bianchi & Lima Arquitetura

decoração-quarto-bebe-moderno
                      Projeto Maira Schaeffer

Mini berços

Berços de tamanho 'mini' podem ser utilizados em seus seis primeiros meses de vida. Eles são portáteis. A maioria possui rodinhas ou têm pernas com dobradiças que viram alças, permitindo que o bebê seja transportado de um lugar par outro em segurança. Um exemplo é o chamado "Moisés"

Berços americanos

Pode-se dizer que os berços do tipo 'americano' são os mais utilizados em decorações de quarto de bebê. Eles se caracterizam por ter grades nas laterais e também, às vezes, nas cabeceiras - que são mais altas. É uma cama muito segura e por  isso tem agradado bastante os pais.

decor-quarto-bebe-bege
    Projeto Espaço do Traço Arquitetura

Berços Montessorianos

A moda da decoração montessoriana para quarto de bebê está em alta. Mas, seu modelo de berço é bastante controverso, pois fica rente ao chão.
Há muitas razões que justificam isso,  mas a maioria dos pais não aprova. Por esta razão, certas empresas resolveram criar berços com altura ajustável que podem ter sua estrutura futuramente aos padrões ditados por quem segue este método de criação.

quarto-montessoriano
                                Projeto Ana Branco

Berços multiuso

Tem peças de design que guardam "mil e um segredos". Brincadeiras á parte, é preciso destacar nesta lista os tais berços multiuso.
Eles são mais caros, porém vantajosos em relação a outros modelos. Isso porque alguns podem ser transformados em caminha, escrivaninha, gaveteiro e  mais, acompanhando o crescimento da criança e as mudanças necessários do se quarto.

quarto-bebe-atual
    Projeto ArqExpress

arquitetura-moderna-quarto-bebe
    Projeto Mila Holtz

Apesar de todas estas qualidades apontadas, tem consumidores que não aprovam os berços multiusos. Alguns pais dizem que seu trocador não proporciona um espaço seguro para as crianças.
E a conversão em mini cama do móvel seria pouco vantajosa, já que a criança só poderia usar por pouco tempo. Mesmo assim, não dá para negar a praticidade da peça e o alto aproveitamento do espaço.

lindo-quarto-bebe-menina
    Projeto Patrícia Tavares

decor-berços
                             Projeto Lucia Tacla

Como escolher um modelo de berço para o quarto de bebê

"Podemos em um só quarto fazer diversos projetos com diferentes modelos e berço, mas é o estilo e o dia  a dia dos pais que definirão qual opção está mais de acordo pra o quartinho" - Arquiteta Alessandra Rodrigues  em reportagem de Dicas de Mulher.
Esclarecendo o que disse a profissional, muitos pais escolhem o berço do seu filho com base no seu gosto pessoal. Outros fatores determinantes é o orçamento disponível pra a decoração e o tamanho do quarto de bebê. Agora, a questão que tem de ser colocada em primeiro plano na hora da compra do móvel é a segurança da criança. Como diz o ditado ' sempre em primeiro lugar '!

quarto-bebe-atual-chic
    Projeto Daniele Franco

Como determinar se o modelo de berço é ou não seguro

Existem algumas normas técnicas internacionais que determinam se um modelo de berço é ou não seguro para um bebê.
No Brasil, os pais podem consultar da ABNT a NBR 15860, sobre requisitos de segurança para berços infantis do tipo doméstico. Ainda em caso de dúvida, é melhor a família consultar um profissional especializado na área, como um arquiteto ou designer de interiores.

modelos-decoração-quarto-de-bebe
                          Projeto Luis Fabio de Araujo

decoração-quarto-de-bebe-menina
    Projeto Glória Copello

baby-room-decor
 
baby-room
    Projeto BG Arquitetura

Agora, quem estiver dando uma primeira olhada nas lojas, pode anotar a lista a seguir de exigências mínimas para berços infantis. Assim, será mais fácil já descartar algumas peças mobiliárias e focar naquelas que oferecem, de fato, segurança para o bebê.

Um berço seguro tem que ter:

* partes bem fixadas;

* bordas arredondadas;

* pintura com tinta atóxica;

* acabamento com material não descascável;

* estrado feito em placa inteiriça;

* travamento forte nos rodízios;

*grades com distância de no máximo entre 6,5 cm ou de tamanho maior que a largura da cabeça do      bebê;

* sem peças pequenas que possam se soltar ou se movimentar com facilidade;

* colchão firme, preferencialmente com densidade D18, que é recomendada pelos pediatras, e

* vão da espuma para madeira não maior do que 2,5 cm.

regras-escolha-berços-bebe-dicas-normas
    Projeto Patricia Bergantin

dicas-escolha -de-berços
                             Projeto Triplex Arquitetura

quarto-bebe-cores-diferentes
    Projeto Juliana Pippi


quarto-bebe-atual-cores-suaves-decoração
quarto-bebe-menino-decoração
                             Projeto Noma Estudio


Agora que você já sabe tudo sobre berços, escolha o ideal para seu pequenino!

Estas dicas de modelos de berços foram criadas pela equipe Viva Decora


Leve daqui sempre: Inspirações e boas energias ❤

Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest  e  G+

Jeito de Casa- Blog de Decoração e Arquitetura!
bjus
ana







segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Óculos de grau Persol


Foi-se o tempo em que as pessoas preferiam "morrer" a ter que usar óculos de grau.  Eles eram sinônimo de feiura, falta de estilo, desconforto, entre outros adjetivos negativos.

Hoje em dia usar óculos de grau, os óculos receituários ou óculos graduados, é sinônimo de ESTILO! Tanto que muitas pessoas estão usando óculos com lentes transparentes (sem grau) para compor seu visual do dia a dia. Isso porque a infinidade de modelos e estilos deste acessório poderoso é desejada  na composição do visual pessoal.

Deixando momentaneamente a questão estilo de lado, os óculos são imprescindíveis para quem tem problema e alterações da visão, que vai atrapalhar o dia a dia da pessoa causando dores de cabeça , imagens desfocadas,  falta de visão de perto ou de longe, sintomas que realmente necessitam de correção. Se  hoje você não tem problema, pode ter certeza que perto dos cinquenta anos, essa hora vai chegar!
E já que precisamos de um par de óculos, vamos escolher um bem estiloso, com belo design, tecnologia, acabamento primoroso, elegante e intemporal...  Todas estas qualidades definem os óculos Persol!

A marca criada italiana PERSOL, foi criada em 1917 por Giuseppe Ratti, que buscava unir tecnologia e design na criação de óculos para aviadores e pilotos de corrida. Qualidades que até hoje se aprimoram,  mantendo todo o charme original da marca... A grife centenária  mundialmente famosa , maravilhosa como o nome: Persol!
Selecionei apenas  alguns modelos belíssimos  de óculos Persol que são encontrados na Ótica Mori para ilustrar nosso post:





                                                                                




Ótica Mori é sinônimo de Confiança e Garantia, por isso eu indico com toda segurança e tranquilidade. A loja Física com mais de 60 anos no mercado de São Paulo. A loja virtual já completou  cinco anos  sem uma única reclamação no site Reclame Aqui, a maior referência no nosso mercado  virtual.

Expresse sua personalidade com um dos modelos de óculos de grau Persol 
encontrados na Ótica Mori . 
Conheça outros modelos de óculos de grau Persol  Clicando aqui

*Postagem Publicitária

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Girassóis no jardim

Estas fotos são da casa dos meus pais...
O pé de girassol no centro do jardim está maravilhoso, realmente uma festa para os olhos!!


jardim-quintal-girassol

Eu amo todas as flores em todas as cores!
Porém, as flores amarelas são as que mais em encantam.

sunflower-flower

Lindeza da natureza!!

garden- with-sunflower

Não está um espetáculo?

girassol-no-quintal

Meu pai, o jardineiro!  
Ele estava querendo se esconder quando fiz a foto.
Meus pais têm "dedo verde",  tudo que plantam crescem bem. Mas meu pai tem o dedo mais verde da família, acho impressionante como tudo que ele planta nasce bem, qualquer galho pega!

Leve daqui sempre: Inspirações e boas energias ❤

Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest  e  G+

Jeito de Casa- Blog de Decoração e Arquitetura!
bjus
ana

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Dicas e ideias para ter um canto de estudo e trabalho na sala

Sua casa pode não ser o melhor local para trabalhar; todavia, é possível montar um canto convidativo de estudo e trabalho na sala. Veja!

area-de-trabalho-ou-estudo-na-sala
    Projeto Decoradoria Decoração Online


Home Office: Trabalhe em casa em um canto de estudo e trabalho montado na sala

Hoje é muito comum que profissionais desenvolvam seus trabalhos em casa. Esse foi o jeito encontrado por muitos para conciliar vida pessoal e trabalho.
Assim, na sala, foram montadas bancadas de estudo e trabalho.

                Projeto Ana Andrade   

    Projeto DT Estudio


O melhor local da casa para estudar e trabalhar

Se a pessoa mora sozinha, ela pode, teoricamente, montar um home office em qualquer ambiente da casa - com exceção do banheiro, da cozinha e da lavanderia, claro.
Mas se na casa moram outras pessoas, o ideal seria montar seu canto de estudo e de trabalho em um lugar mais reservado e tranquilo. Nesse caso, um dormitório de solteiro  ou empregada não utilizados é a melhor opção.
Infelizmente nem todas as pessoas têm um ambiente vago na casa para fazer de escritório. Acaba que qualquer espaço vago é utilizado para adaptar uma bancada ou escrivaninha. Às vezes, em certos projetos de interiores, até uma circulação mais larga, um hall de entrada ou sacada vira um home office. Mas isso não seria o ideal a se fazer!

ideias-home-office-decor
    Imagem Casa Aberta

Tem ambientes melhores na casa onde montar um canto de estudo e trabalho. Para algumas pessoas é o dormitório. O problema é que a proximidade com a cama pode lhe instigar a preguiça- feito que não combina com estes momentos que exigem tamanha concentração.
Então, o que sobra é a sala, local com muitas opções de entretenimento onde não é fácil reservar uma área para home office.

    Projeto Vivian Coser

Ajustando o seu home office

O canto de estudo e de trabalho montado na sala de casa deve ter um espaço bem reduzido. Provavelmente, não será mais do que uma mesa, uma cadeira e um computador.
Por necessidade, pode-se ter por perto uma luminária e poucas prateleiras com pastas e livros. Fora isso, o resto deve ser dispensado. Lembrando que a área da planta é limitada e não se pode comprometer as demais funções do ambiente.
No início, é difícil o profissional se acostumar com esse pequeno e novo escritório. Afinal, ele saiu de uma empresa montada em uma espaçosa sala comercial, repleta de adultos, para ficar em casa, próximos dos filhos e de outras "distrações".
Não é fácil  ajustar todo o seu material em uma mesa menor. Nem a sua agenda para se adaptar a esta nova rotina de trabalho. É exigida muita disciplina!

projeto-home-office-sala
living-decor
    Projeto Sandra Picciotto

Como adaptar a sala para os momentos de estudo e trabalho

Se o imóvel onde o trabalhador mora é antigo, provavelmente ele apresentará poucas opções de tomadas na sala. É certo de que ele irá precisar pelo menos um ponto para ligar o seu computador.

home-office-decor
    Projeto Gustavo Motta

Então, pode ser interessante chamar um especialista para avaliar a rede elétrica. Talvez pedir que seja acrescentado novas saídas de energia elétrica e internet, ou deslocá-las para outro ponto do ambiente.

decoration-home-office
    Projeto Juliana Pippi


Organização, setorização e otimização do espaço

Se a sala for bastante espaçosa, fica fácil arranjar espaço para colocar uma bancada ou escrivaninha para o computador. Ela pode ficar posicionada atrás do sofá, acompanhando toda a extensão  do móvel.  Ser a continuação da linha do rack ou painel pra TV. Ou ainda uma peça independente, separada por completa do conjunto imobiliário e próxima da janela - onde a luz natural é melhor, ajudando na leitura.

    Projeto Miss Penna Arquitetura e Interiores

É possível que o arquiteto ou designer encontre na planta de uma sala pequena a mesma dimensão de área livre disponível para o home office que se teria numa sala grande. Porém, isso requererá do projetista um estudo de layout mais aprofundado.
Mas é importante dizer que reorganizado os móveis existentes ou descartando peças em desuso, fica claro onde é possível montar um canto de estudo e trabalho.

    Projeto Moussi Arquitetura

O dono do imóvel precisa compreender bem que,  num ambiente só, serão desenvolvidas várias atividades. Todavia, deve haver uma setorização que demonstre isso.

decoração-quitinete-kitinete
                         Projeto Decoradoria Decoração Online

Se a família visualizar na decoração onde termina a área de estar e onde começa a de trabalho, ela saberá respeitar melhor este limite. Mas, ainda, o espeço como um todo precisa parecer integrado. E esta ligação pode aparecer entre linhas, materiais e cores.

arquitetura-home-office-projeto
    Projeto Marília Veiga

Use todas as dicas que foram apresentadas neste texto e monte seu home office!
Estude qual lugar da sua casa é melhor para montar uma bancada de estudo e trabalho.

Estas dicas para montar uma bancada de estudo e trabalho em sua casa fora, criadas pela equipe
Viva Decora


Leve daqui sempre: inspirações e boas energias 

Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest  e  G+

Jeito de Casa- Blog de decoração e arquitetura
Bjus
ana




segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

O que é cobogó? Veja exemplos de como usar os cobogós no jardim

O Cobogó foi criado por engenheiros brasileiros e usado na decoração para levar luz e ar aos  interiores. Crie jardins incríveis com eles.

cobogó-na-arquitetura
    Projeto: Rodrigo Maia

Cobogós: conheça sua história e como usar em fachada, interiores e, em especial, nos jardins.

Os cobogós são elementos de construção bastante simples, amplamente utilizados em projetos de arquitetura brasileira, desde os tempos coloniais.
Trata-se de uma espécie de tijolo vazado, normalmente feito em cimento e utilizado na construção de paredes e muros. Além de seus aspectos decorativos  estético únicos, resultado da repetição das modulações, suas funções ainda podem ser outras, mesmo em um jardim vertical. 

cobogo-muro-piscina
    Projeto: Studio MK27

Um pouco sobre a história dos cobogós

Os cobogós são populares entre arquitetos de edificações, os de interiores e os paisagistas. Claro que muitos outros profissionais já os viram, mas desconhecem o seu nome.
Na verdade, o termo surgiu através da união da primeira sílaba do sobrenome de cada um dos seus inventores - Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann e Antônio de Góis.

cobogo-em-fachada-arquitetura
    Projeto 1:1 Arquitetura: Design

Os três engenheiros brasileiros criaram a peça no ano de 1929. O Objetivo era encontrar um meio de ventilar melhor as moradias da região em que eles moravam, o nordeste.
A solução encontrada faz relação com um elemento já muito conhecido da arquitetura islâmica ou de países como a Índia e o Marrocos, os muraxabis. Esses nada mais são do que treliças de madeira, usadas especialmente para fechamentos de janelas e balcões.

    Projeto:  Só1toque Design e Engenharia

Características gerais dos cobogós

Diferentes dos muraxabis, os cobogós têm um formato geométrico mais bem elaborado, como em xadrez ou quadriculado. Muitos são feitos de forma artesanal - moldados em argila, vidro, cerâmica ou  outro material. Podem ser encontrados em diversos tamanhos, sempre mantendo essa característica modular. E  recebem um acabamento em qualquer cor, com tinta látex, acrílica ou esmaltada.

area- externa-perolado-arquitetura
o-que-e-cobogo
    Projeto: Bianca Monteiro
Vantagens e Desvantagens

" Também adiciona um ar poético aos ambientes, já que a forma como ele desenha a luz nos espaços pode alterar ao longo do dia e até conforme a época do ano". Arquiteto Pedro Kastrup, em reportagem de O Globo.

"(...) tendo como aliado um bom projeto luminotécnico, que possibilita a formação de um jogo de luz e sombra que garantem um ar moderno e clássico ao projeto". Arquiteta Ana Maria de Cesaro em reportagem de Estado de Minas.

Hoje, os cobogós representam  um excelente recurso que os arquitetos usam para levar ou filtrar brisa e luz do dia para os interiores.

cozinha-com-cobogo
cozinha-cobogos-arquitetura
    Projeto: Daniel Oliveira

Ha outras desvantagens apontadas em relação aos cobogós. Uma delas é quanto à estanqueidade. O elemento construído pode apresentar, depois de um certo tempo, o desprendimento das juntas.
Também há uma ausência de vedação acústica. Todavia, talvez seja bem mais empregado em áreas internas do que externas. E existem mesmo muitos bons exemplos de seu uso em jardins.

    Projeto: Alex Hanazaki

Diversos usos dos cobogós na arquitetura

Foi a partir dos anos sessenta que os cobogós passaram a ser utilizados em projetos residenciais. Infelizmente, depois de um tempo, eles caíram em desuso. Mas, agora, com as questões ambientais mais latentes, essas peças viraram, outra vez, importantes. Elas podem contribuir com a eficiência energética das construções, além de diminuir a necessidade do emprego de aparelhos de ar e iluminação artificial.

"(...) atualmente, com a demanda da sustentabilidade e eficiência energética, essas técnicas antigas de ventilação passiva estão retornando". - Arquiteto Carlos Murdoch, em reportagem de Engenharia e Arquitetura

    Projeto: Galpão Design Arquitetura, interiores &CO.

Jardins com cobogós

Fazendo uma pesquisa rápida na internet, é possível ver os cobogós sendo empregados como divisórias de ambientes. Ou também substituindo venezianas para o fechamento parcial de planos abertos. Realmente, seu desenho diferenciado, combina muito com propostas contemporâneas de paisagismo - inclusive sustentáveis. Alguns modelos podem até ser conferidos na imagem deste texto.

varanda -gourmet-moderna-e-charmosa
varanda-gourmet-arquitetura-tijolinho
    Projeto: Bianca Monteiro

O caso  é que os cobogós podem complementar vários cenários ou criar outros bastante atrativos para o jardim. Eles podem delimitar espaços gourmet, dando certa privacidade para os usuários. Também podem garantir a segurança humana, servindo de parapeitos em bordas de sacadas. Ou apenas um elemento decorativo, enriquecendo recantos especiais, como canteiros de folhagens.

piscina-com-varanda-gourmet
    Projeto: Rodrigo Maia

Analisando todos os padrões e cores existentes de cobógos, até que essas peças fazem mesmo mais sentidos empregadas aos espaços abertos. Algumas lembram folhas, flores e até elementos marinhos.
Plantas trepadeiras podem preencher seus vãos e se apoiar em sua estrutura durante o crescimento - inclusive podem-se formar jardins verticais com estes módulos. E, em último caso, pode servir de pavimentação.

jardim-vertical
    Projeto: Galpão Design Arquitetura, interiores &CO.

Então, o que você achou dos cobogós? Notou como as opções são ilimitadas?
Existem peças para todos os gostos - modernas, coloridas, retrôs, arrojadas e clássicas. E elas são consideradas uma tendência, pois, atualmente,  o uso de materiais tridimensionais está na moda.
Portanto, escolha uma e use no jardim de casa!

Estas dicas de uso de cobogós foram criadas pela equipe Viva Decora


Leve daqui sempre: inspirações e boas energias 

Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest  e  G+

Jeito de Casa- Blog de decoração e arquitetura
Bjus
ana