quarta-feira, 23 de setembro de 2020

5 Dicas de decoração com conjunto de sofá 2 e 3 lugares

 Chegou a hora de renovar a sua sala de estar. Você já tem em mente o móvel que será trocado: o conjunto de sofá 2 e 3 lugares. Como é uma peça chave na decoração da sala de estar, ela merece atenção e espaço, por mais limitado que ele possa ser se você mora em uma casa ou apartamento pequeno. 

conjunto-sofa-decoracao

Se você ainda tem dúvidas de como decorar a sua sala de estar com sofás, siga com a gente nos próximos parágrafos que vamos explicar melhor como fazer isso com estilo sem deixar o conforto de lado! 

  1. Delimite o espaço para cada móvel


Para que uma casa ou apartamento fique organizado, você precisa entender que cada móvel deve ter o seu lugar e não pode invadir o espaço do outro, caso contrário, todo o ambiente fica desarrumado e visualmente poluído. 


Além de facilitar o fluxo de pessoas e fazer com que o ar circule por todo o cômodo, escolher o lugar cada móvel também ajuda a deixar tudo arrumado para que seus convidados fiquem sempre à vontade.



  1. Use as cores ao seu favor 


Se você ainda não aplica a “psicologia das cores” na sua decoração é melhor começar o quanto antes. Segundo ela, todas as cores exercem alguma influência nos nosso sentimentos, despertando estados de alegria, calma e euforia. Em alguns casos, elas mudam nossa percepção espacial como é o caso do branco que amplia o espaço, deixando-o maior do que realmente é. 



  1. Não se esqueça do conforto


Quando você chega em casa no final do dia tudo o que quer é sentar no seu sofá macio e relaxar o corpo cansado enquanto assiste algo na televisão da sala.  Por isso que você precisa prestar atenção no estofado do seu jogo de sofá 2 e 3 lugares, já que ele não pode ser muito macio, nem muito rígido, podendo causar dor nas costas. 



  1. Respeite o formato dos móveis e objetos


O equilíbrio proporcionado pelas formas e curvas dos móveis e objetos decorativos torna uma sala de estar mais gostosa e agradável de estar. Eles dizem muito sobre a decoração da sala de estar, caso ela esteja mais voltada para o estilo clássico ou moderno. 


No primeiro caso é ideal que você escolha móveis com linhas e curvas mais acentuadas, enquanto que no segundo caso é preferível optar por móveis sem quintas proeminentes e formatos circulares. 



  1. Objetos decorativos também são importantes 


Não subestime a força que os objetos decorativos têm na construção da identidade de uma sala de estar.  Quadros, luminárias, plantas e mesas de centro são excelentes para delimitar espaços e dar mais destaque para o seu jogo de sofá. Tenha eles em mente na hora de decorar a sua sala com um conjunto de sofá de dois e três lugares


Curtiu as nossas dicas? Então aproveite para conferir outros assuntos ricos e proveitosos como esse para decorar a sua casa do seu jeito, adicionando um toque da sua própria personalidade em cada cantinho do seu quarto, da sua sala de estar e de qualquer outro cômodo. 


Obrigada pela companhia!

Ana Maria


segunda-feira, 14 de setembro de 2020

Cozinha: ilha ou península?


Recebi um texto muito interessante sobre a famosa dúvida ao sonhar com uma nova cozinha, qual é o melhor para meu espaço, Ilha ou Península
Por isso divido com você  o texto do arquiteto Renan Altera explicando as diferenças
e como adotar cada modelo nos projetos. Espero que seja esclarecedor para você!


À frente da Altera Arquitetura, o profissional compartilha dicas e informações sobre infraestrutura e materiais para apostar nesses tipos de bancadas que deixam as cozinhas atemporais e super sofisticadas

Além de funcionais, as ilhas são esteticamente agradáveis e deixam os projetos de interiores mais sofisticados.


cozinha-com-ilha-ou-com-peninsula?Projeto Altera Arquitetura | Foto: JP Image

Na integração das áreas sociais da casa, não apenas as salas de estar e jantar têm alçado status! Em evidência, as cozinhas entram nesse contexto e pedem por projetos que, além da funcionalidade indispensável para o ambiente, proporcionem uma estética formidável por ficarem à vista de todos.

Na ausência das paredes, que antes as escondiam, atualmente as cozinhas ressaltam a amplitude do conceito aberto, com presença de ilhas e penínsulas. Mas como deliberar pela melhor solução para o cômodo e, ao mesmo tempo, trazer uma atmosfera prática, sofisticada e conectada com a proposta do décor? À frente da Altera Arquitetura, o arquiteto Renan Altera contabiliza belíssimas cozinhas projetadas dentro desse estilo. “O brasileiro expandiu sua percepção e se apaixonou pela ideia por mostrar sua cozinha e tornar o ambiente gostoso para receber seus convidados”, diz.

Acompanhe as dicas essenciais preparadas pelo profissional:

Península ou ilha de cozinha?

Ao decidir pela cozinha aberta e integrada, o próximo passo é entender a diferença entre península ou ilha. De forma simplificada, assim como na geografia, ilha é aquele elemento que não tem conexão nenhuma com os armários ou paredes, enquanto a península apresenta um dos lados conectado aos móveis adjacentes ou até mesmo com a parede lateral.


Ligada com a parede, a bancada da península realizada por Renan Altera conta com cooktop a gás, cuba com torneira gourmet e a robustez do exaustor que elimina cheiros e a gordura antes que se espalhe pelo apartamento 

cozinha-qual-melhor-ilha-ou-peninsula
     Foto: Photons Fotografia

Para definir entre a instalação de ilha ou península é necessária uma análise detalhada do layout da cozinha. Nesse contexto, o arquiteto faz as medições para avaliar a circulação – fundamental para o conforto de quem vai utilizá-la –, assim como o espaço para a instalação. Com esses pontos em mãos, é hora de determinar as dimensões e verificar o que possível instalar nessa bancada. “A depender da área da cozinha, muitas vezes não conseguimos agregar, no mesmo local, a pia, o cooktop e ainda propiciar espaço para o manuseio. Tudo é pensado com bastante atenção”, explica Renan.

Em paralelo, a infraestrutura também direciona o caminho, afinal é preciso haver ligação com a hidráulica quando a pia é instalada na ilha ou península, bem como pontos de gás ou energia, a depender do tipo de cooktop escolhido, sem contar quando eletrodomésticos também são incorporados na bancada.

Quando a obra envolve um reposicionamento, frente ao layout original do imóvel, a obra implica na execução de muitas modificações. “Costumo dizer que devemos ser prevenidos também. Mesmo que o cliente escolha o cooktop por indução, por uma deliberação nossa gostamos de deixar um ponto de gás disponível. Costuma ser muito útil caso mude de ideia no futuro e queira trocar tipo de abastecimento do seu fogão”, relata o arquiteto.

Seja na ilha ou na península, a coifa na área superior é indispensável. Segundo Renan, em função do design sua preferência é pela coifa cilíndrica, que oferece a mesma eficácia que a coifa chapéu. “De forma alguma abro mão dela em meus projetos”, confessa.

Outro cuidado está relacionado à infraestrutura necessária para a utilização da coifa por exaustão, que tem por premissa a retirada do odor e gordura, que por sua vez será expelida para o lado de fora do apartamento. No entanto, quando não existe a possibilidade de construir essa saída, por causa de alguma viga ou outro detalhe presente na estrutura do imóvel, a coifa por depuração resolve a questão.

Pontos de apoio à bancada


Em ‘L’, a península é uma continuação da bancada de quartzo silver grey da Vitiello e Romano (com escorredor esculpido no mesmo material) e conta com pia, cooktop e marcenaria, que recebeu a máquina lava louça. Na riqueza de detalhes, o arquiteto incluiu espaços vazados para a disposição das louças e utensílios enquanto escorrem. A preocupação com a higiene, com o manuseio dos resíduos, se reflete na discrição: por meio da tampa de inox, o lixo é guardado dentro do armário|


qual-melhor-cozinha-ilha-peninsula
 Foto: Photons Fotografia

Entre todos os atributos da ilha e da península, não podemos deixar de realçar sua atribuição como local de refeições. Tanto para as situações corriqueiras do dia a dia, como para recepcionar os convidados enquanto o morador prepara uma receita, quem sonha com uma cozinha nesse formato, também almeja um espaço acompanhado por banquetas altas com essa motivação. Para tanto, além da área estimada para a funcionalidade da ilha, o projeto deve considerar um acréscimo de, pelo menos, 40 cm de bancada para que a pessoa possa se acomodar com conforto.

Para tornar a parte inferior da ilha funcional, a melhor forma é apostar na marcenaria, que contribui de uma forma positiva para ilha. “Normalmente, na parte inferior, deixamos a marcenaria preparada para facilitar a dinâmica do dia a dia. Por exemplo, logo embaixo do fogão gavetas para os talheres e outra maior para as panelas agiliza muito o processo de quem está no cozinhando”, esclarece Renan.

Principais materiais para revestir a ilha

Entre os materiais disponíveis no mercado, o arquiteto compartilha sua predileção pelo Dekton, pedra industrializada produzida a partir da mistura das matérias-primas usadas na fabricação de porcelana, vidro e superfícies de quartzo. Por conta de suas propriedades, se traduz em um revestimento muito resistente e que não mancha. “Entretanto, em alguns orçamentos pode não ser viável por conta do valor alto do produto”, conta Renan. Na lista, os quartzos também são bastante indicados, porém pedem atenção quanto ao calor ao apoiar panelas diretamente na pedra. Em relação ao custo benefício, entram as pedras naturais, como o granito.


   Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest 

bjus
ana maria

segunda-feira, 7 de setembro de 2020

Decoração: 24 ideias para seu armário de banheiro!

Em um banheiro, podemos querer guardar vários objetos. Mas não precisamos deixá-los à mostra. Podemos guardá-los em um armário de banheiro.

blogs-decor
    Projeto: Jamile Lima


Armário de banheiro: como escolher a peça ideal?

Muitos projetos modernos de decoração de interiores englobam também as áreas de lavabos e banheiros.
É previsto, para esses locais, a instalação de louças, metais e armário de banheiro, além de revestimentos especiais para piso e parede, além de muitos ornamentos.
Tem pessoas que acham que isto tudo é um exagero, que não se deve gastar tanto do orçamento com este ponto do imóvel. Mas estas pessoas estão enganadas.

blog-decor
                            Karina Korn

Tudo bem se o banheiro da sua casa for pequeno, mas por que a sua decoração precisa ser pobre? Pelo contrário, você deve tentar caprichar, ao máximo, na ambientação deste cômodo.

gabinetes-banheiros-atuais
                            Conseil Brasil

Pense assim, este pode ser o seu pequeno SPA particular, o cantinho da casa onde a sua família não apenas irá descartar resíduos e higienizar o corpo, mas cuidar da imagem e até relaxar a mente.

blog-decor
                             Barbara Dundes

E neste ambiente você também poderá guardar muitos acessórios de cabelo, produtos de higiene e outros objetos. Mas nem tudo precisa ficar a vista dos olhos – sobretudo das visitas. É por isto mesmo que serve o armário de banheiro.


banheiro-com-jardim-vertical
                              Revista Viva Decora ( foto Laura Tarmey)

                           
banheiro-tijolinho-de-metro
                                 Pietro Terlizzi

Alguns modelos de armários para banheiro

O que você acha que é mais importante em decoração de banheiro? Se você pensou nos aparelhos e revestimentos, está correto. Mas também se podem acrescentar vários complementos a este conjunto.

Pra começar, um bom grupo de armários. O comum é prever um módulo com gavetas e ou portas sob a bancada da pia. E nas paredes ao redor, se couber, alguns nichos e prateleiras extras.

O armário sob a pia pode ter muito mais serventias do que se possa imaginar. Por exemplo, ele pode ter aberturas nas laterais que possam servir como porta papel-higiênico e até revisteiro também.

Isto não impede que a pessoa tenha outros módulos e até torres em outras áreas do ambiente, com partes fechadas – e até espelhadas – ou abertas, com cestos de toalhas e mais.

blog-arquitetura
                            MAV Arquitetura


blog-decor
                            Bibiana Menegaz -  Arquitetura de Atmosfera


Como são os armários planejados para banheiro

Sabemos que a qualidade dos armários planejados é, hoje, muito maior. Inclusive, as fabricantes de móveis já oferecem módulos próprios para serem utilizados em áreas úmidas.

Claro que acidentes podem acontecer, principalmente em ambientes como banheiros. Mesmo assim, os projetistas têm tomados todos os cuidados para desenvolver peças com um design o mais resistente possível.

A maioria dos móveis utilizados hoje em dia em banheiros são aqueles feitos em MDF, com tamponamento de vinil. É claro que você pode utilizar outro tipo de peça neste cômodo da sua casa.

Por exemplo, em madeira maciça ou em metal. Só tenha em mente que o acabamento das partes deste móvel precisa ser muito bem feito para que as mesmas não descasquem, trinquem ou enferrujem.

estilo-industrial-blog-decor
                             Bárbara Dundes


blog-decor
                        Paula Gambier - Ornare


blogs-decor-gabinte-banheiro-ripado
                            Juliana Santana


banheiro-marmore-branco-e-cinza
    Ornare



Quase todos os armários de banheiro prontos que encontramos nas lojas seguem mais ou menos o mesmo padrão. Eles apresentam cor branca ou textura de madeira clara – pois isto ajudaria a ampliar o ambiente.

É interessante contrastar estas peças com o tampo da pia e o revestimento de parede. O módulo sob a pia, em especial, deve ter medidas em torno de 65 cm de altura e 45 cm de profundidade – ou seja, elevado do chão.

gabinete-banheiro-ideias
                             Cris Paola


blog-arquitetura
                             Conseil Brasil


Pode-se também colocar um módulo de armário junto ao espelho, sobre a pia do banheiro. Este pode ter medidas em torno de 90 cm de altura e 12 cm de profundidade – podendo ser embutido na parede ou não. E ainda é possível instalar um módulo ao lado da bacia sanitária, com prateleiras ou gavetão, para guardar produtos emergenciais. Este, em especial, pode ter uns 20 cm de largura e 45 cm de profundidade.

                           
blogs-decor-banheiro-descolado
                             Melina Romano


blogs-decor
                             Paula Gambier


Dicas de decoração de banheiro que vão te ajudar a escolher o armário

Todo ambiente decorado deve seguir um determinado estilo. O banheiro pode combinar com o restante da casa ou apresentar uma linguagem própria. A cor e a textura dos seus armários é uma questão que deve ser resolvida com atenção.

blog-decor-banheiros
                             Revista Viva Decora

Esta é uma oportunidade de deixar o cenário mais harmônico. Assim, por exemplo, com a combinação de revestimentos em azul – cor fria – e armários em madeira mel – cor quente.

armario-colorido-banheiro
                  Victor Ferreira

Módulos de armários também podem ajudar a dar muita personalidade aos banheiros. Eles podem ser simples, de linhas retas – a opção mais tradicional. Ou apresentar vários recortes, frisos, bordas arredondadas, partes transparentes e muito mais.

Alguns fabricantes oferecem módulos de diversas cores e até com pés palitos – em estilo retrô. Alguns deixam o sifão da pia à mostra. Outros ganham destaque pelos puxadores.


blogs-decor
                               Docol Metais Saniários


blog-decor
                             Degradê Decoração


banheiro-azulejo-metro-cinza-claro-com-branco
                            Revista Viva Decora


blogs-decor-banheiros
                            Motirõ Arquitetos


gabinte-estilo-classico-banheiro
                             Andrea Teixeira & Fernanda Negrelli


bnaheiro-moderno-branco
    Alex Bonilha


Então, qual armário de banheiro você achou ideal para sua casa? Que tal começar logo esse projeto e deixar seu banheiro mais bonito e funcional?

Essas dicas de decoração foram criadas pela equipe VivaDecora.


 Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest 
                                                    
                                                          Bjus
                                                           ana

quarta-feira, 2 de setembro de 2020

Sobreposição de tapetes

Sobreposição de tapetes: conheça essa técnica de decoração que está dando o que falar na internet

Você já ouviu falar em sobreposição de tapetes? Pois precisa. Esta é uma solução de decoração que tem sido bastante comentada nos sites e blogs. Ela ajuda a resolver diversas situações de projetos, principalmente de ambientes amplos. 
Quer saber mais? E aquele tapete que você tanto adora? O que ganhou de herança ou adquiriu em uma viagem? Ele vai ficar perfeito na decoração da sua sala ou quarto de casa. Veja.

blogs-decor-tapetes-ideias-decoracao
Projeto: Guilherme Torres

Do que se trata a sobreposição de tapetes?

Percebeu quanto custa – em tempo e dinheiro – a confecção de tapetes de alto design? Sua arte nem sempre é muito valorizada. 
Contudo, seu preço muitas vezes é justo. Infelizmente, ele pode não caber no nosso bolso. Mas, por isso, precisamos nos desfazer dos nossos sonhos? Claro que não. Podemos investir em um tapete na medida do nosso bolso e apelar para a criatividade para adequá-lo à nossa casa, simples assim.
A sobreposição de tapetes é uma excelente ideia neste caso. Podemos colocar um tapete de menor tamanho, mas de grande valor estético e ou sentimental no centro de uma composição. 
Mas se o ambiente for amplo demais, e a peça ficar desproporcional a ele, é só fazer uma sobreposição. Isto é o mesmo que dizer de colocar um tapete sobre o outro, deixando um, em especial, no topo, ou seja, em destaque.


tapetes-diferentes-juntos-na-decoracao
tapetes-unidos-decoracao
Projeto: Deborah Roig

Onde fica bem a sobreposição de tapetes?


A sobreposição de tapetes pode ficar legal em vários ambientes de casa, mas com ressalvas. Em salas de estar e quartos, tal solução pode funcionar muito bem. 
Só que uma das grandes questões da sobreposição é como segurar as diferentes peças num lugar, sem risco de deslocamento. Nestes ambientes, o peso dos móveis fixos – mesa de centro, mesa lateral, sofás, poltronas e cama – deve ser suficiente.
Agora, em áreas de grande circulação ou movimentação - principalmente nas zonas de serviços -, não é recomendado se fazer a sobreposição. 
Entram nesta lista, por exemplo, hall de entrada, corredores, cozinha, lavanderia, varandas, lavabos, banheiros e até escritórios. Neste cenário, a sobreposição ofereceria um enorme risco à segurança dos membros da família – em especial das crianças e idosos.

Como fazer você mesmo a sobreposição de tapetes?

A sobreposição de tapetes, em tese, parece ser algo muito simples de se fazer, só que não é. Na verdade, tem que se tomar cuidado para que a mesma não comprometa a segurança das pessoas, como dito antes, nem a estética do ambiente. 
Lembrando que a sobreposição pode deixar os cômodos parecendo improvisados. Ou, quando bem feita, deixar os cenários com um visual bem ousado, diferente, combinando com a modernidade.


blogs-decor
Casa Cor Paraná
A sobreposição mais realizada atualmente é aquela com a combinação de tapetes de diferentes tipos. O certo mesmo é combinar sempre peças do mesmo estilo. 
Seria um erro enorme colocar um modelo tipo persa, por exemplo, sobre um sintético, facilmente encontrado em qualquer loja de departamentos. E devem-se cuidar as combinações de estampas. Talvez seja o caso de contrastar, com cautela, ou unir “diferentes-semelhantes”.
Vamos explicar melhor. Assim, estampas iguais, mas cores diferentes; ou cores diferentes e estampas iguais. Ou colocar um tapetes altamente estampados bem no meio de tapetes lisos – no caso os lisos formando uma espécie de moldura. 
Outra ideia é deixar as peças desencontradas nas bordas, formando um desenho irregular, com várias pontas – este arranjo é mais difícil de harmonizar com decorações, mas bem mais interessante no visual.


blog-decor
blogs-decor
Marina Linhares

Se colocar um tapete sobre outro não parece ser a melhor solução para você, pode-se cogitar realizar esta técnica de uma forma diferente. É porque a sobreposição de tapetes pode ser vista de outra forma. 
Por exemplo, quando, num mesmo ambiente, são utilizados vários tapetes, mas distintos. Daí trata-se de uma sobreposição de tapetes não no mesmo local, mas no mesmo cenário. O que acha desta opção? Qual gosta mais?


blog-decor
Projeto: Gabriela Toledo Arquitetura e Interiores

Com certeza, a sobreposição de tapetes combina muito bem com decorações modernas de todos os estilos. 


tapetes-misturados-decoracao
Projeto: Guilherme Torres

tapetes-sobrepostos-decoracao
Projeto: Rodrigo Maia

Quer experimentar? Vamos lá, vai ficar incrível na sua casa!
Essas dicas de decoração foram criadas pela equipe Viva Decora.


quarta-feira, 19 de agosto de 2020

Papel Contact na decoração!

O papel contact é um dos artigos mais incríveis que você pode encontrar em lojas de decoração e papelaria. Seja para revestir ou decorar paredes ou objetos, este item é indispensável na vida de quem não abre mão do famoso DIY (do it yourself). Ou, o “faça você mesmo”. Afinal, o papel contact é muito convidativo para que, de fato, você possa “fazer você mesmo” uma decoração, ajuste, revestimento, etc.


blog-decor
                            Pinterest/ PapelContactOficial


Porém, algumas dúvidas acabam surgindo na hora de adquirir o melhor modelo de papel contact. Seja para entender como fazer a colagem certa, seja para escolher a cor ou estampa que mais ficará legal na sua decoração. Há, sim, um processo por trás disso e, para te ajudar, preparamos um texto recheado de dicas práticas para você considerar na hora da compra.
Mas, além disso, vamos também apontar alguns dos principais benefícios que o papel contact traz em relação aos seus “concorrentes”, como pisos laminados ou o próprio papel de parede (específico para paredes). Para entender tudo sobre o tema, acompanhe a partir de agora.
Vamos lá?


Papel Contact – Como usar de maneira criativa?

O primeiro passo para usar o papel contact de forma criativa é, sem dúvida nenhuma, atender aquilo que você quer e sonha. Ou seja, não há uma “regra” que seja imposta no momento da escolha do modelo de papel, pois o seu gosto pessoal é o que ditará o ritmo da decoração do ambiente ou objeto.
É claro que alguns critérios de design devem ser levados em consideração, como balanço de cores, equilíbrio da paleta ou mesmo a composição de elementos e iluminação. Porém, o ponto central do projeto deverá atender a uma especificidade particular: seu gosto.
E aqui, podemos notar uma das primeiras grandes vantagens de usar o papel contact para decorar ou revestir superfícies: a versatilidade de estampas e cores. Acaba que o processo criativo se torna prazeroso e você certamente encontrará excelentes alternativas para suprir aquilo que esteja projetando.
Devido a sua fácil produção (e em escala), você terá uma gama de opções muito vasta. Seja se você quer apenas encapar um caderno, seja se você quer revestir uma parede inteira da sua casa com algum tema específico. Tudo isto é possível com a ajuda do papel contact.

Vejamos algumas outras vantagens da aplicação deste material.

blog-decor
    Papel Contact Dekorama Stick - Demolição

Use as cores a seu favor – Combine móveis e decorações

Quando o assunto é decoração, não podemos negar que muitas dúvidas acabam surgindo sobre pesos, composições, cores, formatos, estampas, temas e uma infinidade de outros pontos. E justamente por isso, podemos encontrar um excelente custo-benefício no papel contact: ele pode oferecer a estética que você busca!
Por isso, utilizar as cores a seu favor é uma das práticas mais comuns de quem não abre mão de personalizar e decorar ambientes completos com papel contact. Pois você poderá combinar as cores dos objetos que já existem ou poderá criar um ponto de interesse específico, sem precisar gastar demais. Afinal, além de tudo, o papel contact é barato!

blogs-decor
    Papel Contact Dekorama Stick - Cerejeira


É ideal para evitar reformas mais pesadas

Não importa o tipo de decoração ou reforma, sempre dará algum tipo de trabalho. Algumas mais, outras menos. Mas, nada se compara a uma quebradeira de paredes ou mesmo repintura de um ambiente. Além de dedicar muito tempo, você precisa gastar muito dinheiro e ainda lidar com o pó e a sujeira dentro de casa.
E neste caso, o papel contact acaba sendo uma excelente alternativa para quem precisa reformar ou redecorar um cômodo, mas não sabe o que ou como fazer de forma que não suje ou não demore. Afinal, colar papel contact em uma parede é muito mais simples e fácil do que refazer toda a pintura, não é mesmo?
Além do mais, você ganha flexibilidade criativa para encontrar modelos que façam sentido para o seu gosto pessoal – dificilmente haverá uma tinta “estampada”, certo? Muitas vezes, tudo que queremos é apenas repaginar um espaço ou um móvel de forma simples, prática e rápida. E é sobre isso que falaremos no próximo tópico.

blog-decor
    Papel Contact  Dekorama Stick -  Chevron Preto


Aplicar papel contact é muito fácil e prático

Além da flexibilidade criativa que você obtém ou escolher lindos modelos de papel contact para sua reforma ou decoração, há ainda a questão prática. Afinal, aplicar ou reaplicar o papel contact não é um trabalho difícil. Mas, claro, isto não quer dizer que não exija atenção.
Porém, o custo-benefício que ele gera é muito grande, pois se você enjoar de uma cor ou estampa na parede ou no móvel, é simples: basta trocar por algo que, agora, você goste mais.
No entanto, se você tivesse que fazer uma grande reforma toda vez que quisesse mudar a estética do espaço, certamente haveriam muitas desistências no meio do caminho. E o mais legal de tudo, é que o acabamento, quando bem feito, fica verdadeiramente incrível!

blogs-decor
    Papel Contact Dekorama Stick - Cimento Queimado


Proteção e decoração ao mesmo tempo

Para quem não abre mão de proteger os objetos do desgaste do uso diário (como cadernos) e, ao mesmo tempo, adora manter a decor em dia, não pode abrir mão de usar papel contact. Com ele, você acaba unindo o útil ao agradável, fazendo com que aquele livro, agenda, apostila ou o que for, fiquem conservados e renovados.
Mas, isto também vale para objetos maiores, como mesas ou estantes. Se a madeira ou o acabamento estiverem envelhecidos, não há necessidade de comprar um móvel novo e descartar o antigo. Pelo contrário! Você pode renovar completamente com um bom modelo de papel contact.

blogs-decor
Papel Contact Dekorama Stick - Dino


Melhores modelos de papel contact

Mas, e quais são os melhores modelos de papel contact disponíveis no mercado? Bom, na realidade, isto vai depender muito do seu gosto pessoal. Não há muitos critérios técnicos e complicados que você precisa considerar para comprar papel contact.
O que você precisa se atentar, basicamente, é ao tamanho, a espessura e, principalmente, a tonalidade ou estampa.
Existem modelos coloridos e estampados. Os coloridos, possuem cores neutras, claras ou escuras. Já os estampados, são aqueles que possuem desenhos, formas e, obviamente, estampas.
Então, há modelos para todas as necessidades do dia a dia, desde que você encontre uma boa loja especializada no assunto, como a JC Decor.

blogs-decor
Papel Contact Dekorama Stick - Comic


Passo a passo para aplicar papel contact corretamente

Até aqui, já entendemos tudo sobre os modelos, estilos e vantagens do papel contact. Porém, ainda não aprendemos a aplicar ele na parede, móveis ou objetos, não é mesmo? Não se preocupe, que veremos isso a partir de agora. Veja abaixo.

Nunca faça a colagem sem limpar a superfície

O primeiro passo para colar o papel contact corretamente, é fazer a limpeza completa da superfície em questão. Jamais faça a colagem do papel em uma superfície suja (com pó ou outras partículas). Isto fará com que sua aplicação perca a vida útil e você terá uma impressão errada sobre o produto, pois poderá achar que ele é de má qualidade.
Utilize água e um pano seco que não solte fiapos. Depois que a superfície estiver lisa e polida, você pode começar a aplicação prática do material. Neste caso, recomendamos que você comece sempre pelas beiradas, de forma a não tirar toda a película protetora do papel de uma vez só. Vá colando aos poucos.

Use um estilete para fazer os recortes

Aparar as arestas ou mesmo fazer os recortes precisos do papel contact, pode ser um tanto complicado. Ainda mais se estes recortes precisam de um acabamento mais “sofisticado”, por assim dizer.
Para isso, utilizar um estilete pode ser uma boa ideia. Pois é com um estilete que você terá uma precisão muito maior no recorte, principalmente aqueles que precisam ser feitos de forma “embutida”.
Porém, isto não significa que você não possa usar uma tesoura, ok? Pelo contrário! Para recortes mais simples, retos e retilíneos, uma tesoura é a melhor solução, com certeza.


Utilize flanelas ou espumas para alinhar o papel

Algo muito importante e que deve ser feito ainda durante a colagem do papel: o alisamento dele na superfície. Então, assim que você for colando o material aos poucos, vá alisando para que ele grude melhor e não fiquem as famosas bolhas de ar. Usar uma flanela ou uma espuma para isso, pode ser uma boa ideia!

blogs-decor
    Papel Contact Dekorama Stick - Juta

 Qual o preço do papel contact e conde comprar?

E por fim, quanto custa um bom modelo de papel contact? Isto vai depender da quantidade que você comprar. Geralmente, você encontrará este produto vendido por metro linear. Ou seja, você poderá comprar o comprimento que deseja para o seu projeto. Logo, o preço poderá variar de acordo com a estampa, cor e, claro, tamanho.
Uma dica importante, é: sempre compre papel contact em lojas especializadas, como a JC Decor. Isto vai garantir uma compra segura e de qualidade.


Esperamos ter inspirado você!
bjus
ana