Mostrando postagens com marcador arquitetura. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador arquitetura. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 13 de maio de 2019

Cubas para cozinha

Ao montar uma cozinha, é preciso escolher as melhores peças nas lojas, por questões de praticidade e segurança. A cuba é um item essencial!

Descubra como escolher a cuba ideal para sua cozinha!


modelos- de- cubas- para-cozinha
Projeto Bárbara Dundes 

Cozinha é um dos ambientes mais complexos de se lidar em projetos de arquitetura residencial. O motivo disso é que neste setor da edificação o profissional deverá estar ainda mais atento aos detalhes.
Ele precisará lidar com questões mais difíceis, como sistemas elétricos,
hidráulicos e de gás.
E tudo precisa sair perfeito, principalmente por questões de segurança. Ou seja, não é tarefa fácil!
cubas-de-inox-para-cozinhas
Projeto Elizabeth Martins
É na área da cozinha que as pessoas preparam seus alimentos – algo essencial para a sua sobrevivência. Isso quer dizer que este é, talvez, o ambiente mais utilizado da casa.
Sendo assim, tudo que for empregado dentro dele precisa ser bastante
resistente e durável.
No local, serão manuseados vários objetos em muitas condições diferentes – inclusive em contato com água e fogo.
cubas-modernas-cozinha
cubas-diferentes-cozinha
Lojas Atua Prime

Resumindo, em se tratando de cozinhas, não são permitidas
adaptações,
improvisos. Móveis, aparelhos e revestimentos que vierem a ser instalados
nesse ambiente deverão ser próprios para ele. Isso inclui a cuba, peça indispensável para a decoração.
Esta peça precisará ter um design bonito, mas também servir bem ao seu propósito.
Mas, como decidir qual é a melhor opção dentre tudo o que é oferecido
no mercado? Veja a seguir!
pastilhas-inox-area-gourmet
Andrea Petini
cubas-pra-cozinhas
Projeto Andrea Petini

Antes de tudo, existe diferença entre pia e cuba?
Respondendo a esta pergunta, sim. Existe uma série de características
que diferenciam uma pia de uma cuba. A pia tem um design mais tradicional.
pias-brancas-podem-manchar
Projeto Gabriela Herde
Já a cuba tem opções mais variadas, sai de um padrão, tem visual mais moderno,e pode ser aplicada de diversas formas em uma bancada de pedra. Então, entre uma e outra, obviamente a segunda acabou se tornando a mais requerida em propostas para decoração de cozinha.
Uma atenção especial neste caso porque algumas pedras brancas riscam e mancham, e pode ser dificílima sua manutenção. A dica é pedir uma amostra da pedra na marmoraria e trazer para sua casa e você mesmo fazer um teste. Pingue algumas produtos de cozinha como mostrada, açafrão, vinho, morango, manga, limão ( no caso pra ver se a pedra é corroída facilmente), e tente fazer a limpeza. Assim você terá ideia de como será a manutenção dela e não se arrependerá mais tarde.
pias-brancas-mancham?
Projeto Mariana  Luccisano

cubas-diferentes-cozinhas
Projeto Karen Pisacane

Quais critérios levar em conta na hora de escolher uma cuba?
Bem, já se sabe que a cuba é um detalhe de design bem importante para a definição estética e o bom funcionamento de uma cozinha. Uma série de atividades não poderia ser realizada neste cômodo se esta peça não existisse.
O modelo certo é aquele que melhor atende às necessidades da família. Depois, pode-se levar em conta o que melhor se encaixa com a decoração e também com área livre disponível em bancada.
cuba-inox-cozinha-modelo-sobrepor
cozinhas-cinza
Projeto Juliana Muchon
Quais os modelos de cubas disponíveis no mercado?
Os modelos mais antigos de pia para cozinha eram feitos em louça. Mas, as cubas modernas quase sempre são em aço inox.
Esta é a característica geral comum que se pode destacar das cubas de cozinha. Mas, só isso não basta para a pessoa definir qual o modelo mais adequado para a decoração de sua casa. Tem muito mais diferenças que ela precisa compreender.

Formatos e acessórios

Existem cubas de cozinha redondas, quadradas e retangulares. Umas foram pensadas para serem usadas bem no meio do balcão; outras já ficam melhores instaladas em cantos.
Tem aquelas projetadas para comportar uma quantidade maior de louças. E as que vêm com acessórios, como cesto coador, tábua de carne, triturador de alimentos e mais – além da válvula e do sifão.
area-gourmet
Projeto Iara Kilaris

Formas de instalação

Quanto às formas de instalação das cubas de cozinha, existem, basicamente, três tipos diferentes.
* A primeira, quando a peça fica por baixo da bancada de pedra.
* A segunda, quando a peça fica por cima da bancada.
* E a terceira, quando a peça fica exatamente no mesmo nível da bancada – o que não deixa espaço para acúmulos de sujeira, mas também dá margem para infiltrações.
cubas-inox-para-cozinhas
Projeto Larissa Vinagre
cubas-inox-cozinha

tipos-de-cubas-cozinha
Projeto Condecorar Arquitetura e Interiores




Número de divisões internas

A cuba simples, sem divisões internas, é aquela mais requerida para projetos de cozinha – pelo menos em propostas de decoração para residências brasileiras.
Ela é a que mais se adequa a ambientes pequenos,com pouca área de bancada.
Agora, existem também as maiores, com dois ou até três compartimentos, ideais para quem acumula mais quantidade de louça ou simplesmente aprecia mais espaço.
cubas-inox-modelos-cozinha
1- Projeto Reinaldo Lopes ...............................2- Mundo Celite .................................3- Projeto Sandra Sanches
Acabamentos
Os maiores fabricantes de itens para cozinha costumam oferecer em suas cartelas de produtos duas opções diferentes de acabamento para cubas, fosco ou alto brilho. Há gente que vai dizer que prefere um tipo e tem gente que vai dizer que preferem outro.
O importante é lembrar sempre que para uma pessoa mais desleixada, mais descuidada, pode ser melhor investir no primeiro modelo, resistente a riscos. Fica a dica!
cubas-inox-cozinhas
Cosentino

Agora que você já recebeu todas estas informações, é vez de fazer suas próprias escolhas.
Descubra qual modelo de cuba pode se adequar mais a decoração de sua cozinha, inspire-se nas imagens!
Estas dicas para escolher cuba para cozinha foram criadas pela equipe Viva Decora.


Continue navegando pelo blog, todos os posts são feitos com muito carinho pra você ❤

ana maria

terça-feira, 7 de maio de 2019

Decoração: puffs no quarto

Puffs são ideais como peça coringa na decoração. Veja dicas de como usar em seu quarto


blogs-de-arquitetura
Díptico Design de Interiores

Quando um arquiteto ou designer começa um projeto do zero, tem a liberdade de escolher as peças que quiser para compor um cenário.
Mas durante o processo ele pode se deparar com um problema. De repente, o quarto desenhado por ele parece sem graça, vazio, pouco confortável e mal otimizado.
Então, é vez de buscar alternativas que melhorem a proposta, que a valorizem; talvez, quem sabe,acrescentar um puff à decoração.
Mas, afinal, quanto um simples puff pode contribuir para o seu trabalho? Bem, dependendo do caso, muito! Esse tipo de móvel torna-se vantajoso em muitas situações.
Mesmo pequeno, ele apresenta características valorosas, como sua multifuncionalidade. É por isso que sua utilização em propostas de interiores se justifica tanto.
blog-de-decoração-puffs
Revista Viva Decora
Por que utilizar puffs em propostas de decoração de interiores

Num primeiro momento, ao observar um ambiente recém decorado, pode-se ter a impressão de que determinados objetos são apenas complementares.
Mas, quando se trata de propostas de arquitetura ou de design, tudo tem uma razão. Um pequeno puff pode ter sido adicionado à uma proposta por muitas razões. Para ser mais uma opção de assento; ou para substituir uma cadeira, poltrona, mesa de centro e mais.
blog-de-decoração
Ark2 Arquitetura
Em cada um dos exemplos apresentados neste texto o elemento ‘puff’ ressalta ao olhar. E por quê? Qual o papel deste elemento nos ambientes? Por qual motivo o projetista fez seu uso? Foi por questões estéticas? Funcionais? Ou ambos?
Bem, não existe uma regra definida para a utilização de puffs em propostas de interiores. Eles podem ser colocados aqui e ali. Mas, nada disso importa, o que torna a peça ainda mais fascinante!
Puffs são móveis pequenos. Eles cabem em quase todo o lugar. Combinam bem com decorações de ambientes pequenos. Porém, também são capazes de preencher grandes áreas vazias.
Seu propósito pode servir a uma uma única necessidade diária. Talvez a peça nem venha a ser usada, sendo apenas uma coadjuvante na decoração. Ou então ser usada a toda hora, além de dar um toque de cor e textura a mais ao cenário.
blogs-de-decoração
Revista Viva Decora

Modelos de puffs disponíveis a venda no mercado
Nas lojas de artigos para casa, podem-se ver vários modelos diferentes de puffs a venda. Tem os modelos quadrados, retangulares e redondos.
blogs-de-decoração
SP Estudio
By Arq&Design

Os com pés elevados ou encostados no chão; com pés fixos ou com rodízios. Também os com cores neutras e intensas; lisos e estampados. Aqueles encapados com couro ou outro tecido comum. Os em jeans, em ratan, feitos em acrílicos, e mais. Tem para todos os gostos e todos os bolsos!
blog-de-arquitetura
Casa Cor 2016

Como harmonizar qualquer puff à decoração da casa


A escolha por um modelo ou outro de puff para a decoração da casa vai depender de vários fatores. A pessoa pode adquirir um móvel apenas porque olhou numa loja e gostou – grande erro. O melhor é comprar uma peça que venha a complementar o cenário de uma forma positiva, seja da maneira que for – pela estética ou otimização do espaço. Tudo vai depender caso a caso!
blog-de-arquitetura-e-decoração
Lolo Ribeiro dos Santos
blog-de-decoração
Tria Arquitetura

O arquiteto ou designer responsável pela elaboração do projeto de decoração pode seguir duas linhas de pensamento com relação à escolha de um pufe.
A primeira é adquirir uma peça que se destaque no ambiente, chamando a atenção do observador – talvez por sua cor ou textura – para um ponto específico do projeto. Ou adquirir uma peça neutra, que vá combinar com outros elementos ao redor.
blogs-de-decoração
Leo Shehtman


Puff em decoração de quarto


Puffs podem ser inseridos em vários pontos na decoração de um quarto. Um móvel assim ficam muito bem frente à cama, substituindo um recamier.
blog-de-arquitetura
Díptico Design de Interiores

Também próximo a uma poltrona de leitura ou amamentação. Sob o painel da TV, escrivaninha ou penteadeira. E ainda no closet, entre os armários de roupas. Boas ideias é que não faltam!
puffs-na-decoração
Bender Arquitetura

Independente de preferir você optar por camuflar ou destacar o puff no cenário, é importante que o móvel escolhido siga a paleta de cores prevista para a decoração do quarto. Tal móvel pode combinar com o revestimento de piso sobre o qual estará disposto.
Talvez com um papel de parede; ou ainda com elementos menores, tipo jogo de cama, almofadas, tapetes e mais. Percebe-se que a combinação deu certo quando há harmonia visual!
arquitetura-puff
Renata Cáfaro

decoração-quarto-infantil-puff
Marília Veiga

Agora que você já absorveu todas as dicas, observe novamente as imagens deste texto. Use-as como inspiração para escolher o modelo mais bonito de puff para a decoração de seu quarto.

Estas dicas de decoração do quarto com puff foram criadas pela equipe
Viva Decora.


Obrigada pela companhia!

Continue navegando pelo blog, todos os posts são feitos com muito carinho pra você ❤

ana maria

terça-feira, 23 de abril de 2019

Cores na decoração - 4 dicas de arquitetura

Decorar com cores tem seus segredos, suas técnicas, suas dicas...

decoração-alegre-area-gourmet
Projeto Ana Yoshida / Foto Luis Simione
As cores fazem diferença na decoração, trazem personalidade aos ambientes. Desde paletas monocromáticas até as marcantes, bem coloridas!
A foto acima é da área gourmet de uma cobertura projetada pela arquiteta Ana Yoshida. Para que tudo fique harmônico usam-se técnicas para deixar os ambientes aconchegante e com sua identidade própria, sua personalização.

Para isso a arquiteta, do escritório Ana Yoshida Arquitetura e Interiores, usa muito bem as cores, de acordo com o gosto de cada cliente. Este é um dos segredos para deixar a casa do jeito dos moradores.

Ana deixa 4 dicas para fazermos combinações de cores com facilidade:

1- Não existem cores proibidas

 O gosto do morador deve ser perdominante, por isso todas as cores podem ser usadas.  O segredo é saber dosar as cores, intercalando bases neutras e tons marcantes, e desta forma ir equilibrando a decoração.

É possível usar turquesa no banheiro, como no projeto abaixo...


banheiro-com-azulejo-azul
Projeto Ana Yoshida / Foto Sidney Doll

Assim como poltronas roxas...
sala-moveis-coloridos
Projeto Ana Yoshida / Foto Sidney Doll

E para quem gosta de várias cores no mesmo espaço, uma base branca ou bem clara no móveis, vai comportar as cores nos outros acessórios e objetos!
No projeto  abaixo temos mesa de centro verde, namoradeira amarela, frigobar vermelho, almofadas azuis... tudo muito bem dosado, equilibrado!


cores-na-decoração-da-sala
decoração-cor-na-sala
Projeto Ana Yoshida / Foto Célia Mari Weiss


2- Aposte nos revestimentos

O mercado atual apresenta uma infinidade de revestimentos. São cores,  formas e texturas,  as mais variadas possíveis. Retangulares, hexagonais, amadeiradas, com ou sem brilho, pequenas e grandes, neutras e coloridas, douradas, acobreadas, estampadas... o universo  é gigantesco!

"Ladrilhos e revestimentos coloridos voltaram a ser forte tendência e, pela versatilidade que oferecem, ganham cada vez mais espaço dentro de casa", explica Ana.

Abaixo um projeto com painel com ladrilhos hidráulicos com desenho de Marcelo Rosembaum...

Projeto Ana Yoshida / Foto Luis Simione

No mesmo apartamento a parede de cobogós, outro revestimento em alta, divide o ambiente da cozinha...
Projeto Ana Yoshida / Foto Luis Simione

A liberdade de criação fica por conta da imaginação do profissional. Aqui a arquiteta projetou uma faixa de azulejo mostarda que atravessa todo o living...

Projeto Ana Yoshida / Foto Célia Mari Weiss

3- Defina elementos-chave para o décor

O ambiente deve ser pensando sempre no conjunto, que pode ter algo que se destaque.  No caso do décor colorido, pode ser uma parede neutra, um quadro vibrante, que oriente toda a paleta de cores  ou um móvel de tom diferente que se destaque.

Tons de azul no home theater vão se integrando ...

sala-decorada
Projeto Ana Yoshida / Foto Evelin Müller

Novamente o azul, agora no quarto!
A parede rústica é o destaque, o contraponto do quarto discreto e elegante. Eu amo  paredes rústicas e amo o contraste criado no ambiente.

room-decor-brick-wall


4- Aproveite os serviços de demonstração

Muitas lojas oferecem o serviço de demostração de móveis, tapetes, quadros. Elas levam as peças até sua casa para ter uma ideia  de como irá ficar, facilitando a sua escolha e logicamente a sua própria venda.  Assim a loja traz e movimenta os tapetes, móveis, num serviço super prático para quem está decorando a casa.
Aqui em casa quando comprei meus tapetes, a loja deixou trazer em consignação alguma peças e pude ver o que ficava melhor no ambiente, sem medo de errar. Muitas vezes gostamos de algo na loja e quando chega em nossa casa concluímos que era algo que não encaixou bem no ambiente, ou tamanho estava errado ou ainda cor que não realçou...

Então a arquiteta dá a dica de aproveitarmos este serviço e conferirmos a combinação de três elementos decorativos da sala como tapete, quadros e almofadas por exemplo.


living-decor
Projeto Ana Yoshida / Foto Sidney Doll
decor-sala-cinza
Projeto Ana Yoshida / Foto Evelyn Müller

Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest 

Obrigada pela companhia!

Continue navegando pelo blog, todos os posts são feitos com muito carinho pra você ❤

ana maria

quarta-feira, 17 de abril de 2019

Decoração: Sala em Branco

O branco, além da sua simbologia de paz, tranquilidade e  harmonia, tem suas vantagens a nível de design . O branco amplia a luminosidade natural que se obtém das entradas de luz natural.  E facilmente se combina com outras cores. Vejamos alguns exemplos de cores que podem ser combinadas com o branco pra melhorar a decoração de uma sala.


    Via

Aqui neste caso, juntamos o branco com o preto. O branco salteado com pormenores em preto,realça muito bem esses mesmos pontos. Rapidamente um visitante ao entrar na sala notará a mesa (pelas cadeiras), o televisor, o quadro. Reparará nas duas áreas escuras, que delimitam as áreas de comer e de estar da sala. Note também como aluz que entra pelas janela e claraboia, parece multiplicada.

Via

Neste exemplo, o conceito de contrastar o branco com o preto é levado a outro extremo, com o   xadrez com o tapete sob a mesa de jantar. Os quadros não passam despercebidos, também eles a preto e branco apenas, de motivos também geométrico, combinando com o tapete.


Este é um exemplo que eu gosto imenso. A decoração é mais pesada em preto do que os exemplos anteriores, mas o resultado é espetacular. Apesar da maior presença do preto, o branco existente, combinado com a janela de grande dimensão, permite uma luminosidade ótima na sala. E se preferir um pouco mais de privacidade, ou de escuridão, basta fechar as cortinas negras e voilá!. O estilo desta sala funciona muito bem também devido ao estilo moderno, ate futurista da mobília, sobretudo dos cadeirões e cadeiras de jantar, ou da mesinha de chá, ou de centro. Muito bacana!


Outra cor que também combina muito bem com o branco é o azul. Neste exemplo, minimalista, podemos ver como pequenos toques de azul, nas almofadas, no quadro da parede, enriquece a decoração da sala.



Aqui temos outro exemplo. Neste o azul é mais predominante. Na minha opinião, a sala tem demasiados elementos de decoração. O tamanho da mesma é bom,com ótima iluminação. Mas, isso é uma opinião pessoal, pois você poderá preferir assim. Deixo por isso a ideia.


Outra cor que podem tentar combinar é o verde. Pessoalmente, eu gosto muito, e mais uma vez, deixo as sugestões para quem também gostar. O verde tem a vantagem de poder combinar na decoração elementos verdes de origem vegetal. Plantas de ornamentação, como no exemplo que mostro, facilmente se enquadram. Como no exemplo exposto, também facilmente se adicionam elementos de madeira e/ou castanhos. Fica assim um tema muito ambiental, muito vegetal. Uma sugestão, se tem grandes janelas com vista para áreas verdes, não use este tema. Pois ficará demasiado verde, sendo interessante dar um toque de outra cor.

Neste exemplo mais minimalista do uso de verde, acho que o efeito decorativo é melhor atingido, sem saturar o visitante. Mais uma vez, o castanho/madeira combinam muito bem e aquela estrutura no teto de onde caem as trepadeiras está fantástica!
É claro que outras cores se podem combinar, em posts futuros mostrarei mais ideias para a sua sala branca.

Obrigada por sua companhia
Bjus
ana maria