Mostrando postagens com marcador Decoração. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Decoração. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 6 de agosto de 2021

Painel Ripado: dicas de arquitetura

A arquiteta  Sabrina Gnipper tira as principais dúvidas sobre PAINEL RIPADO, o elemento decorativo que está super em alta nos projetos de interiores.


quarto-requintado-arquitetura
A parede da cabeceira foi revestida com o acabamento ripado, garantindo aconchego 
e visual sofisticado ao projeto.


Quem acompanha mostras e projetos de interiores já deve ter reparado que a madeira ripada está super em alta. Presente em painéis de TV, portas mimetizadas, e até no teto, o revestimento tem ganhado cada dia mais força dentro da decoração. "O revestimento em ripas veio para substituir o painel de madeira liso, que a gente usa na arquitetura já tem bastante tempo. Na década de 60, ganharam as graças dos arquitetos e foram usados massivamente em paredes", lembra a arquiteta Sabrina Gnipper, que trouxe dicas importantes para quem quer apostar na tendência.

 

varanda-gourmet-marcenaria-ripada
Aqui a arquiteta fez a opção do painel ripado nao revestimento da churrasqueira
 e armário aéreo

A madeira é sempre bem-vinda em projetos de interiores, isso porque além de um visual elegante, é um elemento versátil que combina com diferentes estilos decorativos, bem como transmite conforto térmico e visual, porém também pode acabar pesando no ambiente. "Acredito que o painel ripado traz esse aconchego de uma forma mais leve, pois tem o movimento 3D, garantido pela profundidade e largura das madeiras, quebrando a monotonia do painel liso", explica.

Ou seja, veio como uma reinvenção do painel amadeirado, para trazer a madeira de uma forma mais interessante visualmente, e que traz mais dinamismo ao projeto. "A madeira por si só já traz aconchego, porém, o revestimento ripado além dessa sensação traz uma fluidez para o olhar, e deixa o projeto mais sofisticado, por ser um painel bem trabalhado criando um grafismo interessante esteticamente"

 

Como e quando usar

painel-sala-tendencia
Ripado no detalhamento do painel de TV conferindo elegância ao projeto

Os painéis podem abrigar a TV, e de quebra esconder os fios, ou até mesmo serem usados com portas mimetizadas, aquelas ocultas no painel, pois o ripado ajuda a esconder o contorno da folha da porta. Porém, o uso é muito mais abrangente, é possível utilizar como cabeceira de cama, porta de móveis, divisória de ambientes e até mesmo no teto dos ambientes.

 

Existem dois modelos de painel ripado, o com fundo e o vazado, ideal para ser utilizado como divisória de ambientes, deixando a luz e a ventilação se difundirem, ou até mesmo como porta de mobiliário que precisa de ventilação, como no caso de sapateiras, ou armários de condensadoras de ar condicionado. "Por ser feito de madeira, pode ser confeccionado com ou sem fundo, com ripas maiores ou mais estreitas, diferentes paginações, tudo depende do projeto de interiores em questão" .

 

Qual material mais indicado?

tendencia-madeira-ripada
painel-ripado-decor
Teto ripado projetado pela arquiteta para uma casa de campo

Assim como painéis de madeira liso, pode ser feito de madeira maciça, que tem o custo mais elevado, folha de madeira, MDF com acabamento laminado ou até mesmo laqueado. "O que eu mais gosto é o feito de folha de madeira, que são lâminas de madeira natural que a gente consegue aplicar um verniz e permite várias padronagens com vários tons e texturas, com acabamento mais uniforme", explica Sabrina.

O MDF é um material mais simples, "ou seja, dá para ver as emendas e padronagens mais artificiais. Porém, é mais indicado para cozinhas, pois facilita a limpeza dos vãos". Para quem quer apostar em um painel mimetizado colorido, a arquiteta dá a dica: "Quando for utilizar uma cor sólida, prefira a pintura em laca, para melhor acabamento".

 

cabeceira-ripada-laqueada
Painel ripado laqueado no quarto da menina projetado por Sabrina Gnipper.

 

Cuidados gerais

Devido ao relevo, nem sempre a limpeza é fácil com painéis ripados, por isso, áreas que juntam gordura como o frontão da cozinha, ou que tem pé direito alto não são tão indicados devido à dificuldade de limpeza. "Também é preciso tomar cuidado com a mistura de texturas, o ripado já rouba a cena, não é indicado misturar com revestimentos 3D, papéis de parede mais pesados, pois podem confundir o olhar. Ou seja, sair da função de protagonista para ser o vilão do projeto", finaliza Sabrina.

Fonte: Sabrina Gnipper Arquitetura (11) 93048-7023

 

 Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest 

Jeito de Casa  Blog - Decor e Arquitetura

ana maria

sábado, 17 de julho de 2021

Dicas para facilitar reformas de banheiros

Reforma de banheiros: Tudo para funcionalidade e beleza!

banheiro -cinza-arquitetura
Altera Arquitetura

Tudo o que você precisa saber para garantir funcionalidade em um reforma de banheiros


Falou em 'reforma de banheiros', logo vem aquele temor. Sem querer, nós criamos uma lista na nossa cabeça de todo passo a passo e as dúvidas chegam. Afinal, com que devemos nos preocupar? Será que tem como passar por esse tipo de experiência com menos estresse? 

Claro que sim. Foi pensando nisso que montamos este pequeno guia. No texto a seguir, vamos te orientar sobre tudo que precisa ser feito para que a sua casa fique do jeito que espera. Use este material como referência na hora de planejar e contratar um projetista de arquitetura de interiores.

banheiro-reformas
Iná Arquitetura

Como ter um banheiro super funcional e bonito ao mesmo tempo?

A funcionalidade de um banheiro exige que os aparelhos básicos para a sua funcionalidade sejam sempre priorizados no plano de layout. São eles: pia, bacia sanitária e banheira ou chuveiro. 

Fora isso, o resto é complemento e pode ser descartado em prol de se manter uma boa circulação no local. Sabia que é preciso respeitar certos espaçamentos. Por exemplo:

  • O banheiro, na totalidade - com sanitário, lavatório deve chuveiro -, precisaria ter, pelo menos, 2 m2 de área;

  • O box com, no mínimo, 80 x 80 cm;

  • De cada lado do vaso deve ser deixada uma distância livre de 40 cm;

  • Entre o vaso e a parede ou outro elemento em frente, o ideal seria em torno de 60 cm;

  • A pia precisa ser instalada a 75 cm do nível do chão;

  • Registros de banheira, a 50 cm;

  • Registros de chuveiro, 1,20 m;

  • Chuveiro, a 2,10 cm; e

  • Registro geral, 1,20 m.


Lembrando que a área de parede sobre a pia é geralmente preenchida por um espelho ou armário aéreo com espelho nas portas. E também que o box do chuveiro apresenta algum tipo de fechamento, com cortinado em varão ou portas deslizantes com altura de 1,70 m. Fora isso, se sobrar alguma área que não seja circulação pode ser aproveitada para gabinetes e mais.

banheiro-hexagonal
Bathroom Decoration

decoracao-banheiros
Karina Korn


Tendo estas medidas em mente pode ser mais fácil você planejar como será o seu banheiro de casa. Você pode até fazer um rascunho em um papel com ajuda de uma régua. 

Imagine como irá entrar e caminhar dentro desse ambiente. E tente colocar as áreas mais úmidas perto da ventilação - se tiver uma janela, melhor.

Um arquiteto ou engenheiro de interiores poderá lhe ajudar a colocar este plano em prática. Estes profissionais têm conhecimento para verificar como adequar os pontos de água, esgoto, gás e energia às suas ideias. 

Só eles podem dizer se será preciso uma reforma estrutural para isso e se isso será mesmo possível, diante das limitações da própria arquitetura estrutural do seu imóvel.

banheiros-atuais-reformas-ideias
Mès Arquitetura

Como criar um design de banheiro com menos cortes e rejuntes para se preocupar?


Você percebeu quantos itens nós citamos no tópico anterior? Imagina se cada um, entre louças, torneiras e mais, tivesse detalhes de design muito diferentes. 

Então, este ambiente, de área tão reduzida, acabaria parecendo ainda menor. Mas se você souber escolher itens com semelhanças visuais, seguindo o mesmo critério visual, uma mesma linguagem, com coerência, o resultado será outro. 

Itens de linhas suaves e cores neutras são fáceis de combinar com qualquer proposta de decoração. Muitas peças para banheiros são vendidas como conjunto - incluindo cuba e vaso sanitário, chuveiro e torneiras, e peças de azulejos para pisos e paredes. Esta combinação ajuda a deixar as decorações de banheiros mais bonitas.

Em resumo, quanto menos contrastes mostre a nos ambientes de banheiros, mais amplos estes espaços dentro de casa devem parecer. 

Isto inclui, menos recortes de bancada, menos rejuntes ou rejuntes menos marcantes, menos alterações de cores e uma cartela de cores reduzida. Por isso é mais comum vermos decorações de banheiros monocromáticas.

banheiro-retro-ideia
Triplex Arquitetura

Banheiros pequenos combinam com bancadas de pia sem texturas marcantes. Por isso, neste caso, pedras como mármores e granitos rajados podem não ser a melhor opção. 

Ladrilhos coloridos e estampados também não são uma boa ideia de revestimento para pisos e paredes. Opte por peças lisas ou com estampas geométricas, como se pode ver em alguns exemplos deste texto.

Quanto mais superfícies Claras e espelhadas no ambiente, melhor para ele parecer maior. E não esqueça de escolher com atenção a divisão para o box do chuveiro. Se esta foi feita de material transparente, facilitará manter a ilusão de que o espaço é mais amplo. 

É porque, neste caso, nossa visão pode ir além deste limite e, em simultâneo, os raios de luz vindos de um lado podem continuar clareando o outro sem interferências.

Um detalhe de arquitetura de banheiros que está bastante em alta e que precisamos citar ainda neste tópico são os nichos embutidos nas paredes. Esta é uma solução que facilita a higiene do corpo todo. 

Mas preste atenção, nem todos os imóveis podem receber essa solução em sua decoração. Isso vai depender da estrutura do mesmo permite isso, sem comprometer sua estabilidade.


banheiros-modernos-ideias
Antônio Armando de Araújo

ideias-para-banheiros
Elen Saravalli

Quais os equipamentos e itens de decoração estão em alta para banheiros em 2021?


Assim como temos visto nos últimos anos, as pastilhas ainda continuam sendo uma forte sensação de revestimento para decoração de interiores. Mas, agora, estão em alta as pastilhas que imitam tijolinhos. 

Ao lado disso, os modelos de azulejo em tamanho menor, imitando peças antigas de 35 por 35 cm e também imitando os ladrilhos hidráulicos feitos à mão.


arquitetura-ideias-banheiro
Condecorar 


Itens na cor branca voltaram com tudo na moda casa 2021. Isso nos faz lembrar dos conjuntos de louça para banheiro. 

Ainda está em alta as bacias sanitárias de caixa acoplada. E para substituir os lavatórios, dos banheiros contemporâneos recebem gabinetes de MDF com tampos de pedra sintética e modelos de cuba como encaixe, semi encaixe ou de sobrepor, com torneira de bancada.

banheiros-cinza
Revista Viva Decora

Mas reparou algo diferente nos exemplos deste texto? Sim, esses projetos parecem imitar ambientes de décadas anteriores. 

E para enfatizar esse clima de retrô, os projetistas se valeram de peças design especial como lavatórios - pias de piso - espelhos redondos tipo Adnet. Se você buscava ideias diferentes para a reforma do seu banheiro de casa, inspire-se nas imagens deste texto.


banheiro-metais-preto
Maraú Design

banheiro-preto-e-branco
Iná Arquitetura

banheiro-atual-simples-bonito
SP Estúdio

banheiros-atuais-arquitetura
Caroline Sampel

Vamos lá! Mão na massa reformar esse banheiro!

Essas dicas para a reforma de banheiros foram criadas pela equipe Viva Decora.

Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest 

Jeito de Casa  Blog - Decor e Arquitetura

ana maria

terça-feira, 6 de julho de 2021

Decor: escolha das cadeiras para sala jantar com super dicas e alertas!

Na hora de escolher as cadeiras da sala de jantar são tantos modelos, estilo, preços que as vezes fica difícil tomar uma decisão.

Muitas vezes cometemos pequenos erros, eu mesma cometi  quando comprei as cadeiras para meu apartamento. Na verdade o título deste post poderia ser erros que cometi ao comprar minhas cadeiras,  da sala de jantar  e da varanda gourmet também.

ideias-cadeiras-sala-jantar

Eu tenho uma mesa de 8 lugares na sala de jantar, imaginava dois modelos de cadeiras, um para as laterais e outro diferenciado para as cabeceiras. Fui a loja com meu marido que é apressado e gosta de deixar tudo resolvido. As seis cadeiras laterais escolhemos e parecia estar tudo certo, estofadas e elegantes. O modelo das cabeceiras não era bem o que eu queria, mas marido gostou e fazia uma boa composição e acabamos fechando o negócio. 

como-escolher-cadeiras-salas-jantar

Depois, na entrega das cadeiras, percebemos que as duas da ponta  são mais baixas que as laterais. Na loja não colocamos uma ao lado da outra, a loja era grande e nem percebemos o erro.  Não que seja uma regra, usa-se até todas as cadeiras diferentes em uma  mesa. Mas foi uma falta de atenção e acabou ficando assim mesmo. Sabe aquela mais tarde a gente compra outras? Tem quase seis anos assim, rs

cadeiras-demolicao-area-gourmet

Dois anos  mais tarde finalmente fechei minha varanda, troquei revestimentos e comprei minha mesa com as lindas cadeiras de madeira de demolição... Em pouco tempo um arrependimento!!

Elas são pesadas e nada práticas. Amolecem as pernas pois aqui em casa somos grandes e pesados também. No início voltaram  para a madeireira para colocar mais parafusos. Depois várias tentativas,  colocamos mais  parafusos, cola, etc e elas continuam me irritando. Eu  me pergunto porque não comprei a mesa de demolição e cadeiras de um material  mais leve? Umas coloridas de polipropileno por exemplo!  Seriam bem práticas. 

Estes seriam os alertas que falei no título do post, pra que você não cometa os mesmo erros que cometi.

 Agora compartilho com você uma matéria que recebi sobre a escolha das cadeiras na decoração que complementa o assunto de hoje!


" Cadeiras para sala de jantar: arquitetas reúnem dicas para ajudar na hora da escolha

Dispensando a antiga necessidade de combinações óbvias, as cadeiras podem ser as grandes protagonistas do ambiente

 

decor-cadeiras-sala-jantar

As cadeiras coloridas, mas com o mesmo design, dão um toque de modernidade e alegria ao pequeno apartamento de 35 m² projetado pelo escritório Oliva Arquitetura | Foto: Julia Ribeiro

 

Escolher as cadeiras para a sala de jantar pode ser uma tarefa desafiadora para muitas pessoas. Há uma variedade enorme de modelos, cores, texturas e materiais que podem ou não seguir o estilo da mesa, mas que devem harmonizar perfeitamente com décor concebido para o projeto. Quando falamos de ambientes integrados, o desafio aumenta, haja vista os assentos também devem condizer com a arquitetura de interiores como um todo. 

“Mesas e cadeiras são as grandes protagonistas da sala de jantar. É ao redor delas que as famílias se reúnem, partilham as refeições e os acontecimentos do dia a dia. Por isso, a escolha desses móveis é tão importante. Eles fazem parte de um momento sagrado ao lado de quem amamos”, explica a arquiteta Carina Dal Fabbro.

Pensando em tornar esta escolha mais fácil, reunimos dicas e inspirações de ambientes executados pelas especialistas dos escritórios Oliva Arquitetura, Studio Tan-gram e Carina Dal Fabbro Arquitetura. Confira!

 Conforto e Praticidade

sala-jantar-12-cadeiras

sala-jantar-elegante

Escolha cadeiras que respeitem o tamanho da mesa: versões com braços podem ser uma boa ideia para quem possui espaço maior e mesa retangular | Projeto: Carina Dal Fabbro | Foto: Rafael Renzo


 “Além de confortáveis, as cadeiras devem ser práticas e atender bem as necessidades dos moradores da casa”, pontua a especialista Claudia Yamada, sócia do Studio Tan-gram ao lado de Monike Lafuente. Em linhas gerais, as mesas de jantar costumam ter 75 cm de altura e, por isso, a altura ideal para as cadeiras é de 50 cm. A profissional também explica que em lares com crianças é importante que o móvel não possua quinas proeminentes e que seja revestido com tecidos mais resistentes e fáceis de limpar.

 

mesa-redonda-sala-de-jantar

sala-jantar-atual-arquitetura

Para quem não quer ousar muito em cores ou prefere ambientes com bases mais neutras, também é possível investir em cadeiras com texturas diferentes da mesa | Projeto: Studio Tan-gram | Foto: Estúdio São Paulo


Modelos diferentes

 

decoracao-praiana-sala-jantar

decor-praiana-sala-jantar

apartamento-decor-praiana

 Não existe regra! Neste projeto de apê de praia, as arquitetas da Oliva Arquitetura aproveitaram as cadeiras e banquinho que já faziam parte da mobília da casa. O banco feito de concreto ajuda a otimizar o espaço e acomodar mais pessoas| Foto: Renan Soares

 

Apostar no uso de cadeiras diferentes pode deixar o décor muito mais atraente e moderno. Uma dica da arquiteta Bianca Atalla, do escritório Oliva Arquitetura, para deixar os elementos em harmonia é escolher um ponto em comum entre eles. “Pode ser a cor, matéria-prima, formato ou estilo. Assim, você torna o ambiente mais original e não pesa na decoração”, esclarece.

Outra alternativa para diversificar o mood do cômodo é lançar-se na mistura de bancos e cadeiras. Além de quebrar a seriedade que algumas salas de jantar possuem, as almofadas podem ser grandes aliadas para trazer ainda mais a identidade dos moradores e oferecer um conforto extra. Essa estratégia também pode ser contemplada em espaços gourmets e áreas externas, locais que em tempos não pandêmicos não estão recebendo convidados, mas que futuramente serão frequentados com ainda mais conforto.


sala-de-jantar-mesa-cadeiras-design

No projeto com ares contemporâneos, a mesa de jantar é cercada por cadeiras com um acabamento considerado um clássico no Brasil: a palhinha, presente no assento e encosto | Projeto Oliva Arquitetura | Foto: Mariana Orsi

 

Cores

cadeiras-coloridas-decor
 
As cadeiras com assento e estrutura laranja ajudam a realçar o amadeirado claro da mesa e são destaque em meio ao cinza predominante na decoração da cozinha | Projeto: Studio Tan-gram | Foto: Estúdio São Paulo

 

Contemplar as cores traz um resultado divertido para a decoração. Para quem é mais comedido e prefere dosar na ousadia, a dica especial da arquiteta Carina Dal Fabbro é selecionar cores iguais ou seguir em uma paleta de tons semelhantes. Assim, é possível variar o gradiente de cor de uma cadeira para outra, formando uma espécie de degradê. A combinação também pode ser realizada com colorações complementares, como branco e preto ou vermelho e preto.

decoracao-mesa-redonda-sala-de-jantar

parede-verde-decor-atual

As seis posições de cadeira seguem o mesmo estilo da estrutura e o amadeirado claro da mesa redonda da sala de jantar| Projeto: Oliva Arquitetura | Foto: Júlia Ribeiro

 

banco-mais-cadeiras-mesa-jantar

sala-jantar-decor-descolada

De um lado um banco de madeira, do outro as três cadeiras pretas contrastam com o branco da mesa. Uma composição nada comum, mas muito elegante. | Projeto: Carina Dal Fabbro | Foto: Thiago Travesso

 

“Investir no contraste das cores também é uma ótima pedida para se livrar do comum, sem perder a elegância e sofisticação do ambiente. Uma das estratégias possíveis é escolher cadeiras com estofados mais claros do que a mesa ou vice-versa”, finaliza Carina. "


Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest 

Jeito de Casa  Blog - Decor e Arquitetura

ana maria

segunda-feira, 28 de junho de 2021

Pratos na parede : decor da vovó com design atual

Sempre curti muito decoração com pratos na parede.  É algo simples e acessível para todos os bolsos e pode ser algo muito criativo e particular : de lembranças de viagens a pratos herdados, o universo é infinito na decoração e composição com pratos!

Assim divido com você a matéria que recebi com a proposta da arquiteta Marina Carvalho sobre decoração com pratos!

decoração-com-pratos

decoracao-pratos-parede

No espaço da bancada que foi reservada para as refeições do dia a dia dos moradores, a arquiteta Marina Carvalho apostou na sutileza dos pratos decorados para compor a parede que foi revestida com a leveza dos formatos hexagonais |Fotos: Evelyn Müller

Mas eis que as dúvidas são guiadas por dois pontos principais: como escolher e em quais paredes apostar no uso dos pratos no décor? Entusiasta do uso do elemento, a arquiteta Marina Carvalho, à frente do escritório que leva seu nome, explica como gosta de aplicar a louça nos seus projetos de arquitetura e interiores. “Sempre digo que podemos trilhar por duas vertentes. A primeira delas é criar essa atmosfera de uma casa que nos conecta às memórias de nossas vidas e ao aconchego. Mas com a multifuncionalidade dos pratos, podemos seguir por uma linha mais moderna, sofisticada e ao mesmo tempo clean. Considero também uma boa alternativa para substituir os quadros”, comenta a profissional.

A arquiteta ainda ressalta que hoje em dia é possível comprar o prato que mais combina com o estilo decorativo do projeto – seja em lojas do ramo ou pela internet –, ressignificar peças herdadas de família ou mesmo, o próprio morador, realizar o desenho na louça seguindo o caminho do ‘faça você mesmo’.


pratos-parede-decoracao

Leveza e ares de uma casa gostosa de se viver: no espaço da parede que estaria vazio, ao lado da porta, a composição retrô com versões redondas e quadradas, nos conectam à atemporalidade da louça portuguesa com suas as estampas florais e azuis |Fotos: Evelyn Müller

decor-pratos-parede

No aparador da sala de jantar, o p&b dos pratos ressalta o floral e o mood ilustrativo. |Fotos: Evelyn Müller

 

Para a escolha, é importante pensar na composição que será elaborada, considerando a perspectiva de misturar referências diferentes de tamanhos, formatos e desenhos, que vai depender do gosto pessoal de cada um. Nesse processo de definição, pode-se levar em conta a predileção por frases marcantes, paisagens, gravuras e traços ligados à uma cultura. A arquiteta Marina Carvalho revela que, nesse processo, vale visitar as lojas ou conferir o e-commerce dos estabelecimentos para selecionar as peças e produzir essa combinação. “Para não errar, o legal é eleger uma referência visual, que pode ser de cor ou formato, para guiar esse processo. Em um contexto de coleção, o décor da parede com pratos deve transmitir uma harmonia visual muito aprazível”, ensina Marina

Outro jeito de efetuar o arranjo da montagem é traçar o contorno dos pratos, com um lápis ou caneta, em um papel pardo. Após projetar a forma de cada um, basta recortar e colar na parede para visualizar a disposição, possibilitando uma ideia real de como ficarão. Marina ainda ressalta que o ideal é não deixar um prato muito distante do outro, uma vez que o sentido é evocar a união como um único elemento, chamando a atenção como um todo. Se a parede não tiver nenhum móvel encostado, o recomendado é deixar as louças a 1,70m de altura (entre o ponto mais alto da produção até o piso).

parede-decoracao-simples

decor-parede-pratos

Os desenhos nos pratos podem variar bastante. Elementos e referências geeks também produzem amabilidade e frescor aos ambientes |Fotos: Evelyn Müller

Colocando na parede

Depois de toda análise, é hora de dispor os pratos na parede. Isso pode ser feito de diversas maneiras por meio do uso de arames, discos adesivos ou das conhecidas massas epóxi, como o tradicional Durepoxi. Todavia, Marina esclarece que muitos modelos, pensados especificamente para a finalidade, já são acompanhados por suportes que facilitam a fixação.

 O mais comum é o suporte de mola, apontado pela profissional como o mais elegante para esse tipo de decoração. Caso opte por aqueles que já possuem uma sustentação, utilize uma máquina furadeira para perfurar a superfície que receberá o gancho. “É sempre relevante ter em mente que o modo de fixação não deve estar visível na parte inferior dos pratos. Em itens tão delicados, os pequenos detalhes fazem a diferença”, relata.

Créditos: Marina Carvalho Arquitetura

Veja também: 

decoracao-pratos-na-parede-em-projetos

                    pratos-para-decorar-parede-da-cozinha

                           decoracao-pratos-na-parede-uma-ideia.html

Mostre-seus-pratos

Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest 

Jeito de Casa  Blog - Decor e Arquitetura

ana maria

quarta-feira, 16 de junho de 2021

Modelos de tapetes para decoração de quartos

Decoração com tapetes: 4 modelos diferentes que podem valorizar seu quarto

tapetes-para-quartos-decoracao
Marcelo Rosset Arquitetura

Uma coisa é certa: a moda casa, assim como outras modas, muda ao longo do tempo de acordo com o lançamento de novas tendências, produtos e soluções tecnológicas. 

Não faz muitos anos, era mais comum a utilização de revestimento de carpete para cobertura de pisos. Mesmo aqui no Brasil, um país de regiões com temperaturas médias elevadas, quartos e salas eram cobertos por grandes tapetes. Mas isto mudou.

Hoje em dia, dificilmente as famílias brasileiras gostam de ter carpete cobrindo a casa toda.

Também por uma questão de higiene do próprio imóvel, prefere-se o piso frio, e separam-se zonas e ambientes com tapetes. Essas peças podem ser facilmente enroladas para a limpeza do local e trocadas por um modelo novo sempre que desejado.


A.M Studio Arquitetura

decor-quarto-bebe
Studio Um Mini

Sim, os tapetes não deixaram de fazer parte das decorações de residências brasileiras. Mas, por aqui, no geral, a sua função está mais ligada à uma questão estética. 

É que os tapetes são utilizados para guiar percursos, unir grupos de móveis, separar zonas funcionais, além de destacar elementos de decoração e arquitetura. Fora que os tapetes podem acrescentar mais cor aos ambientes, tornando-os mais confortáveis e alegres.

Um tipo de ambiente decorado de casa que sempre pode se beneficiar do tapete é o quarto. Percorrendo as lojas, podemos encontrar alguns modelos diferentes. É o que veremos no texto a seguir.


decoracao-quarto-casal
By Arq & Design

decoração-tapetes-ideias
Altera Arquitetura

#1 Tapete passadeira

Antes de falar sobre a utilização desse tipo de tapete em decorações de quarto, devemos esclarecer quais são os detalhes desta peça que fazem com que ela seja diferente. 

Em comparação com outros tipos de tapete, o tapete passadeira parece ter um formato mais longínquo. Ou seja, ele é menos quadrado e mais retangular, lembrando aqueles trilhos de mesa.

Tapete passadeira geralmente é mais indicado para áreas de corredores e cozinhas em formato de fita. Contudo, esse tipo de tapete também pode funcionar bem em decorações de quarto. 

Neste caso, uma ou duas peças seriam posicionadas de cada lado da cama, frente à criado mudo, para que a pessoa, ao se levantar, não coloque diretamente seu pé no chão frio. Então, funcionaria muito mais como uma proteção para os moradores da casa.

Claro que, de algum modo, este tipo de tapete colocado dentro do quarto impacta, sim, na decoração do ambiente. Mas por estas serem peças pequenas, cobrindo menos áreas de piso, é melhor que tenham cores neutras ou estampas mais simples. 

Assim, a sua contribuição para o cenário seria sutil, menos "gritante" ao olhar e mais adequada ao peso da sua importância neste conjunto decorado.


decor-passadeira-quarto
Marel- Grupo Factory

tapetes-para-quartos
Sesso & Dalanezi Arquitetura + Design 

quarto-rosa-ideia
Revista Viva Decora

decoracao-quarto-menino
Karina Korn

decoracao-quartos
A.M Studio Arquitetura

#2 Tapete retangular

O tapete retangular é, talvez, a melhor solução de cobertura acarpetada para decoração de quarto, sobretudo quarto de casal. Por causa justamente das suas proporções, o ideal é que ele seja estrategicamente posicionado da metade para o fim da cama em direção aos pés da pessoa deitada sobre ela. 

Seu tamanho, com relação a cama, deve ser grande o suficiente para criar algo como uma passadeira de cada lado e na ponta do móvel.

Podemos destacar vários pontos positivos com relação à utilização de tapetes assim em decorações de quartos. Ainda é possível proteger as pessoas do contato direto com o piso frio - talvez até de um modo melhor. E também é um excelente recurso para destacar a área de cama e tornar o cenário mais aconchegante e acolhedor, trazendo a atenção do observador justamente para o centro do ambiente.

Na dúvida, se quiser entender qual o tipo de tapete retangular escolher para o quarto, compare as peças das lojas com o tamanho do imóvel que possui em casa. 

Voltamos a dizer que o tapete precisa ser maior que o tamanho da cama. É melhor que a peça seja colocada com o lado maior acompanhando o sentido da cabeceira. E também que a sua cor seja oposta ao revestimento de piso - piso claro, tapete escuro e roupa de cama clara.

como-usar-tapete-quarto-casal
como-usar-tapetes-sob-cama
A.M Studio Arquitetura

tapete-embaixo-cama
Altera Arquitetura

ideias-decor-tapetes
Revista Viva Decora


#3 Tapete redondo

Tapete redondo raramente funciona para decoração de quarto, salvo algumas exceções. Se algo assim fosse utilizado em uma sala de estar, por exemplo, ela ajudaria a criar zonas funcionais dentro do layout do ambiente. 

Mas para quarto amplo, com muita área livre de sobra, é possível utilizar tapete redondo do mesmo modo. Lembre-se de que não é interessante deixar áreas sem função dentro do cômodo.

Uma ideia para uso de tapetes redondos dentro de decoração de quarto é em um cantinho de leitura ou para tomar cafés frente a uma janela de sacada. Nesse caso, o tapete redondo ficaria sob móveis como poltronas e mesinhas em um formato destoante com da cama, criando um contraste que tornaria o cenário mais interessante.

Agora, é mais fácil encontrar exemplos de utilização de tapete redondo em decoração de ambientes infantis. É bastante incomum usar esse tipo de peça para cobrir as zonas centrais do quarto de bebê. 

A ideia é demarcar essa área específica do cômodo para que ela seja um espaço sem móveis, protegido de quedas, onde a criança poderá exercitar os seus primeiros passos e algumas brincadeiras divertidas.


tapete-redondo-decoracao
Revista Viva Decora

beliche-moderno-quarto-infantil
Helaine Goes Pinterich

quarto-moderno-moço-decoracao
                             Barbara Dundes

#4 Tapete temático

Dependendo da decoração planejada para oquarto, é possível utilizar sobre o piso tapete liso, florido, listrado, com cores chamativas, desenhos abstratos e mais. 

Aqui neste texto mostramos exemplos de todo tipo, e todos com excelente equilíbrio entre os elementos e harmonia visual. Queremos chamar a atenção para aquelas peças que apresentam algum detalhe que as façam ser mais atrativas para o olhar principalmente das crianças.

Chamamos aqui de tapetes temáticos aqueles que apresentam estampas com ilustrações que remetem a personagens do mundo infantil. Também existem aqueles tapetes cujo formato de borda lembra flores, casinhas, carrinhos, bichinhos e mais. 

São elementos assim que fazem uma decoração de ambientes infantis, como quarto de bebê, ser lúdica. Algo assim deve incentivá-la a brincar, se divertir e ser criança de fato.

marcenaria-camas-modernas-quarto-infantil
Revista Viva Decora

decor-quarto-crianca
Belissa Corral

decoracao-tapetes
Revista Viva Decora

decor-quarto-criança-europa
Revista Viva Decora

Gostou dessas ideias de decoração com tapetes? Então, escolha um modelo lindo e enfeite seu quarto com ele!

Essas dicas de decoração foram criadas pela equipe Viva Decora.

Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest 

Jeito de Casa  Blog - Decor e Arquitetura

ana maria