Mostrando postagens com marcador Decoração. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Decoração. Mostrar todas as postagens

domingo, 28 de julho de 2019

13 Dicas para decorar o quarto de jogos das crianças

Poucos cômodos da casa são decorados com mais fantasia do que os das crianças e, talvez por essa razão, seja fácil esquecer o que você precisa fazer para se adaptar ao que elas precisam.


Planeje esse espaço para que ele possa crescer junto com os seus filhos, escolhendo as peças adequadas e deixando um maior espaço para diversão, sem esquecer de oferecer uma maior autonomia para o desenvolvimento delas.

1- Pense nos Móveis 
quarto-jogos-quarto-de-jogos-crianças-decoração
O paraíso das brincadeiras deve ser composto de móveis versáteis que não se tornem obstáculos ou não permitam que as crianças brinquem. Peças dobráveis, cestos e nichos são boas opções para obter espaço sem entulhar o quarto.

2- Proteja as Paredes
quarto-infantil-decorblog-de-decoracao
Quando falamos de um quarto de jogos para as crianças, não devemos pensar somente na estética. É conveniente proteger as paredes contra as marcas e o aparecimento de possíveis dons artísticos das crianças. Um painel de madeira de meia altura ou papel de parede lavável são ótimas opções para dar liberdade às crianças sem detonar a estética do quarto planejado com tanto carinho por você.

3- Crie Novos Espaços
quarto-de-meninoblogs-de-arquitetura

Muitas vezes o quarto de brinquedos também é o quarto onde as crianças dormem e, para manter a organização e dividir os ambientes, um novo espaço com rede horizontal é uma ótima escolha. Desse modo, os pequenos terão ainda mais espaço para as jogos e os seus brinquedos terão o seu devido local, para o alívio das mães.


As redes horizontais são 100% seguras e multifuncionais! Servem como rede de proteção, cama suspensa e até mesmo parede de escalada. Diversão garantida para a criançada e despreocupação total dos pais com relação à segurança.

4- Menos Brinquedos, Mais Qualidade
quarto-infantil-decoração
Os jogos são vitais para o crescimento das crianças. No entanto, é conveniente evitar o consumismo e o acúmulo de brinquedos. Melhor alguns brinquedos bem selecionados, que estejam sempre à mão e bem organizados.

5- Organização e Ordem
rede-horizontal-quarto-infantil
brinquedoteca-quarto







Evite brigas sem necessidade ensinando seus filhos, desde pequenos, a guardarem as suas coisas no local correto, que deve estar sempre ao alcance delas. Elementos com rodas, caixas ou gavetas são especialmente funcionais, pois  permitem que as crianças vejam o seu conteúdo sem grandes esforços.

6- Incentive a criatividade
quarto-de-jogos-criançasquarto-infantil-decoração
Permita que as crianças liberem a imaginação também nas paredes instalando quadros negros ou pintando uma parede com tinta lavável. 

7- Exercício e Brincadeira
brinquedotecaquarto-de-jogos-infantis

Colocar elementos que, além de promover diversão, também incentivam a prática de atividades físicas mesmo dentro do quarto de jogos, faz com elas comecem a gostar dos exercícios e sejam menos sedentárias. Uma excelente opção é criar uma parede de escada de e rede suspensa, assim as crianças poderão passar horas se exercitando sem dar conta. 

8- Atenção à Segurança

Os tapetes podem ser um perigo, se enrugarem ou escorregarem. Para evitar acidentes, sem sacrificar o bem-estar das crianças ou a proteção do chão, você pode escolher colocar um piso de madeira ou um tapete grande que ocupe um grande espaço. Uma outra opção é proteger as bordas do tapete com fita anti-derrapante.

9- Cuidado com a Altura
quarto-de-brincar

Se tudo o que precisar ficar ao seu alcance, será mais tranquilo para as crianças avançarem com segurança no desenvolvimento da autonomia pessoal.

10- Ouça as Crianças
quarto-de-criançablog-de-decoração
É fundamental ouvir as crianças ao planejar a decoração do quarto de jogos. Afinal, é o espaço delas e elas também têm o direito de contribuir nas decisões. Ao participarem do processo de tomada de decisão, as crianças se sentem empoderadas e ao mesmo tempo estimuladas a cuidar do espaço.

11- Ouse na decoração
blog-de-decoraçãoblog-de-decoração

Em uma sala de jogos, a cor sempre terá que estar presente. Como? Algumas maneiras de decorar com cores são pendurar bandeirolas, aplicar adesivos nas paredes ou até mesmo pintar os móveis. As crianças inclusive podem participar ativamente desse processo, confeccionando as bandeirolas, aplicando os adesivos e até mesmo pintando os móveis. Nesse último caso, é importante certificar-se de que a tinta não é tóxica para os pequenos.


12- Mesa central 
blog-de-decoraçãoblogs-de-decoração

Uma boa opção é colocar uma mesa no centro da sala de jogos. A mesa não servirá apenas para as crianças brincarem, pintarem ou jogar algum jogo educativo. Elas também podem fazer a lição de casa em um local separado do local do descanso

13- Escolha bem a iluminação
rede-horizontalrede-horizontal

As lâmpadas infantis são ideais para trazer a mágica. Na hora de decorar a sala de jogos você pode selecionar modelos de diferentes formas que iluminem cada área. As lanternas de papel são certamente uma excelente escolha. Elas são econômicas, quando comparadas com outros modelos. Já guirlandas com luzes trazem personalidade e estão super na moda. Sejam as de bolas coloridas ou até as mais elaboradas com diferentes formatos.

E o mais importante de tudo: divirta-se junto com seu pequeno e guarde ótimas lembranças dos momentos em que passaram juntos no quarto de brincadeiras!


Leve daqui sempre: inspirações e boas energias!!

Ana Maria

quinta-feira, 25 de julho de 2019

Dicas para montar uma cozinha completa!

Cozinha nova? O que comprar para deixar sua cozinha completa?

blog-de-arquitetura
    Projeto Arq Bruna Cruz

Uma família de muitos membros deve, provavelmente, se encontrar muitas vezes na cozinha ao longo do dia. Este é um cômodo muito importante para sua união, assim como para o funcionamento do lar. 
Mas o que seria preciso – dentre móveis, eletrodomésticos e utensílios – para que o local passasse a ser considerado completo? 
Quais os itens não poderiam faltar em sua lista se estivesse montando, pela primeira vez, uma casa?
Bem, em parte, esta resposta pode parecer meio imprecisa. É que muito vai depender dos costumes de sua própria família. Pense assim, o que é básico para uma pessoa pode não ser para outra! 
Mas claro que há aquelas peças que são pra lá de essenciais e que fazem uma enorme diferença no dia a dia de todos. Quais seriam elas? Descubra agora!

blog-de-arquitetura
blog-de-decoração
Projeto Cristina Lembi

O que não pode faltar de jeito nenhum em uma cozinha?

A primeira coisa que você deverá levar em conta na hora de equipar sua cozinha é sempre buscar adquirir itens de qualidade. Só assim sua casa poderá atender bem suas expectativas.
O barato pode custar caro no fim das contas! Então, pesquise e pesquise mais antes de comprar algo. Priorize sempre pelo que está no topo da lista. Não se pode viver sem fogão e geladeira, por exemplo.
“A pessoa também deve prestar atenção na funcionalidade dos produtos que ela vai adquirir. Não adianta apenas ser bonito. Cada objeto precisa ter qualidade e praticidade para ser usado diariamente.” - arquiteto Nardim Júnior, em reportagem de Correio Braziliense.

blogs-de-decoração
    Projeto Idealizzare Arquitetos - Consultoria em Projetos
Agora, existe uma gama bem maior de coisas que você não pode colocar de lado. É preciso separar parte do orçamento para pratos, talheres e outros utensílios. 
blog-de-arquitetura

cozinhas-blogs-de-arquitetura
Projeto Iná Arquitetura

cozinha-pequena-apto

blog-de-arquitetura
Projeto Avner Posner

Móveis, eletros e utensílios para tornar a cozinha completa
1 - Móveis
Se há algo que não pode faltar em uma cozinha são os móveis. Eles servem para organizar tudo em sua cozinha. 
E é exatamente por essas razões que os gabinetes quase sempre vêm com portas - para armazenar tudo em segurança, bem fechado e discreto. Claro que as prateleiras também são uma opção, só que devem servir apenas para revelar artigos decorativos.

contemporary-kitchen
cozinha-contemporanea Projeto Arq. Bruna Cruz ( o mesmo projeto da primeira foto deste post)

Os móveis planejados são a opção mais utilizada atualmente em projetos de interiores. Eles combinam bem com cozinhas, porque são resistentes e fáceis de limpar. Módulos feitos sob medida aproveitam melhor cada centímetro. 
E para o armazenamento dos objetos, são usados módulos com portas, divididos internamente por prateleiras em alturas variadas; ou gavetas, divididas por organizadores.
contemporary-kitchen
cozinha-com-mesa
Projeto Mauren Buest

2 - Eletrodomésticos

Como dito antes, geladeira e fogão são duas coisas que não podem faltar numa cozinha. Para sua casa, considere o uso de um ‘frost free’, que leva menos tempo para degelar – aliás, os aparelhos duplex são ótimos para famílias pequenas. 
E no lugar do fogão tradicional, os cooktops por indução, que esquentam mais rápido e são fáceis de limpar. A quantidade de “bocas” vai depender do que for necessário para atender a demanda de sua casa.
top-cozinhas-modernas
contemporary-kitchen
    Projeto Espaço do Traço Arquitetura
Quando for possível, deve-se ampliar esta lista de aparelhos. Certamente, vale muito a pena ter também na cozinha um depurador de ar ou coifa para evitar que gordura e a fumaça se espalhe pela cozinha. 
E lava-louças – uma “mão na roda” – para pôr em dia grandes quantidades de louça suja sem que seja preciso passar horas usando esponja e detergente – ou seja, mais tempo para curtir a sua família!
revestimento-de-ladrilhos-na-cozinha-moderna
cozinha-com-ladrilhos-decoração
Projeto Ana Claudia mendes Fontes
O micro-ondas e o forno elétrico também devem aparecer eventualmente na sua lista. São boas opções para quem não quer sujar o fogão esquentando comida. Ou para quem deseja preparar receitas mais rapidamente. 
cozinhas-contemporaneas-decoração

cozinhas-modernas-arquitetura-decoração
    Projeto Gabriela Mendes

3- Utensílios portáteis
Depois dos itens maiores, é a vez daqueles que se pode carregar com uma mão só – ou quase isto. Vamos falar daquilo que é essencial para o bom funcionamento da cozinha.  
Primeiro, tábua de corte – de plástico ou madeira - e facas de tamanhos de 6 a 8 polegadas. Colheres de pau, fouet, espátulas de silicone e tigelas de vários tipos. Panelas e frigideira – talvez com uns 25cm. E suporte de utensílios e porta-condimentos.
cozinhas-pequenas-decoração

blogs-de-decoração
Projeto Inside Arquitetura & Design

Há também alguns eletrodomésticos portáteis que são considerados indispensáveis para muita gente. Na verdade, eles são um bom investimento, pois agilizam bastante o trabalho na cozinha. 
Exemplo: panelas elétricas, grill, liquidificador, batedeira, torradeira, cafeteira, mixer, espremedor de frutas e purificador de água - para beber, lavar ou cozinhar os alimentos livre de sujeiras ou micróbios.
blog-contemporary-kitchen
       
blogs-de-arquiteturaProjeto Inside Arquitetura & Design


cozinhas-pequenas-modernas
                           
blogs-de-arquitetura
                              Projeto Inside Arquitetura & Design
Anotou aí tudo que precisa para deixar sua cozinha incrível? Então, não perca mais tempo, comece a pesquisar agora mesmo e escolher as peças mais adequadas ao seu gosto e ao espaço disponível.
Essas dicas de itens para cozinha de casa foram criadas pela equipe Viva Decora.



Siga nossas redes: Instagram - Facebook - Pinterest 

Ana Maria